EM CODÓ, CABO BEZERRA CONSTATA QUE PREFEITURA DESCUMPRE LEI FEDERAL NO HGM

Há quase 15 anos está  em vigor no Brasil a Lei Federal nº 11.108, de 07/04/2005, mais conhecida como a Lei do Acompanhante, onde se determina que os serviços de saúde do SUS, da rede própria ou conveniada, são obrigados a permitir à gestante o direito a um acompanhante durante todo o período de trabalho de parto e pós-parto. A Lei determina que este acompanhante será indicado pela gestante, podendo ser o pai do bebê, o parceiro atual, a mãe, um(a) amigo(a), ou outra pessoa de sua escolha.

A Lei do Acompanhante é válida para parto normal ou cesariana e a presença do(a) acompanhante (inclusive se este for adolescente) não pode ser impedida pelo hospital ou por qualquer membro da equipe de saúde, nem deve ser exigido que o(a) acompanhante tenha participado de alguma formação ou grupo.

Se estes direitos não forem respeitados, você deve entrar em contato com a Ouvidoria do Ministério da Saúde através do telefone 136.

No Hospital Geral Municipal de Codó constatei que nas salas onde são  realizados os partos, quase não  há  espaços para a equipe médica atuar com comodidade, com isso aquelas mulheres que desejam realizar seu trabalho de parto devem ficar afastados das pessoas próximas, justamente no momento em que as gestantes mais precisam de apoio.
Não  se sabe ao certo as estatísticas de quantas mulheres já morreram durante os partos.
Como em Codó não há  uma maternidade há  mais de cinco anos, as gestantes têm três opções: a) ir para Caxias ou Teresina; b) ir para Timbiras ou c) correr sérios riscos de contaminação ou complicação durante os partos, sendo essa última a mais utilizada por mulheres humildes, que não  possuem estrutura financeira para optar pelas duas primeiras alternativas.
Uma gestão que deixou muito a desejar, por pregar no início de seu governo e ainda em promessas de campanha de que a Saúde Pública Municipal seria humanizada, uma vergonha.

ASSCOM CABO BEZERRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *