EM DISCURSO HISTÓRICO, VEREADOR GRACINALDO FALA SOBRE CRISE INSTITUCIONAL NO LEGISLATIVO CODOENSE

ff

Gracinado

Em seu pronunciamento da semana, o vereador Gracinaldo iniciou suas palavras parabenizando a todas as mulheres pelo seu Dia Internacional, celebrado em 8 de março, última terça. Grande felicidade em parabenizar nossas mulheres. E no dia internacional da mulher a minha mãe também faz aniversário, fato que me deixa duplamente feliz. Além de minha mãe, tenho três mulheres que são a importância de minha vida e que me fazem muito feliz: minha esposa e minhas duas filhas. Quero parabenizar a todas as mulheres, funcionárias desta casa e de todas as classes. As nossas guerreiras e merecedoras de nossa dedicação”.

Crise institucional da Câmara Municipal

Em um discurso bastante elogiado por todos e coberto de veemência, Gracinaldo ponderou sobre a atual, e talvez a mais controversa, crise pela qual passa a Câmara Municipal de Codó. Primeiramente, o vereador questionou o teor de matérias postadas na mídia digital sobre o escândalo de desvio de verbas por um funcionário da câmara, ponderando sobre algumas afirmativas de que os parlamentares estariam sabendo do esquema.

O comunicador afirma, sem poder fazê-lo ainda, que os vereadores sabiam do desvio. E nos coloca em posição pior do que o autor do delito. Eu proponho e solicito a assessoria jurídica. Nunca tive nada a esconder nesta Casa. Quanto mais claras as coisas pra mim, melhor. A presidência desta casa percebeu o que estava acontecendo, reuniu as provas e convocou uma reunião, alertando a todos. Ficamos perplexos com o acontecido e apreciamos a coragem da presidência em entregar o caso à justiça”.

De forma simbólica, e usando expressões mais populares, como ‘caça fantasmas’, o edil deixou claro o desconhecimento dos parlamentares no caso e propôs a total investigação e apuração dos acontecimentos. Assista o vídeo do discurso.

Ascom

3 comentários em: “EM DISCURSO HISTÓRICO, VEREADOR GRACINALDO FALA SOBRE CRISE INSTITUCIONAL NO LEGISLATIVO CODOENSE

  1. LEANDRO, VEJA O QUE É HISTÓRICO:

    Prefeitura de Codó faz farra de material gráfico
    O Município vai pagar mais de R$ 4 milhões pelo serviço.
    09/03/2016 14h00 – Atualizado em 09/03/2016 14h04 0

    zitorolim
    Prefeito Zito Rolim
    Atenção Ministério Público do Maranhão, a Prefeitura de Codó vai gastar mais de R$ 4 milhões com a contratação de empresas para o fornecimento de material gráfico junto as diversas secretarias do Município, para o exercício 2016. Ao todo, foram celebrados 25 contratos com quatro empresas.

    Todos os contratos foram assinados no dia 25 de janeiro de 2016 e têm como contratantes: a Prefeitura Municipal de Codó; o Fundo Municipal de Assistência Social; Fundo Municipal de Saúde; Fundo Municipal de Educação e o Fundo de Manutenção da Educação Básica (FUNDEB). Os valores variam entre R$ 12.391,70 e R$ 482.660,00; totalizando a volumosa quantia de R$ 4.289.467,80 (quatro milhões, duzentos e oitenta e nove mil, quatrocentos e sessenta e sete reais e oitenta centavos).

    As empresas beneficiadas com as contratações são: Gráfica e Editora JM (5 contratos), com restrição desde 2010; Editora Gráfica Aliança (7 contratos); Gráfica e Papelaria Giordania (8 contratos) e F.P.Borges-Comércio (5 contrato). Todas sediadas no Município de Caxias, com exceção da Gráfica Aliança, localizada em Timon.

    Esses contratos superfaturados e descabidos são rastros de desvios de recursos públicos. Percebe-se que o prefeito Zito Rolim se antecipou, e muito, às eleições e já garantiu o material gráfico para a campanha, com o dinheiro do povo.

    SENHORES PROMOTORES, TOMEM AS DEVIDAS PROVIDÊNCIAS. ISTO É, SE HOUVER “”INTERESSE””.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *