EM ESPERANTINÓPOLIS, PRESIDENTE DA CÂMARA CHAMA A POLÍCIA PARA INTIMIDAR PROFESSORES

Na sessão da Câmara de Vereadores de Esperantinópolis da última quarta-feira (12), um grupo de professores concursados do município compareceu ao parlamento para cobrar apoio dos vereadores junto ao município sobre o aumento de 12,84% no reajuste salarial que inclusive já foi repassado pelo governo federal e  até hoje a prefeitura da cidade não repassou aos professores.

PROJETO DE CONTRATO

Quando o presidente da Câmara e os vereadores da situação resolveram aprovar o projeto para contratar novos professores, isso causou uma revolta pelos professores concursados que estavam presentes e passaram e vaiar o presidente da casa Gilson Vieira. Nesse momento, o presidente resolveu abandonar a sessão, o que deixou os professores mais revoltados ainda. Foi então que o vereador e primeiro vice-presidente da Câmara, vereador Lula, resolveu tomar a frente da situação e dar prosseguimento à sessão demonstrando um ato de respeito aos professores que estavam presentes.

PRESIDENTE CHAMOU A POLÍCIA

Outro fato que revoltou os professores, que estavam buscando seus direitos: o presidente da casa vereador Gilson Viera, chamou a Polícia Militar para se posicionar no prédio da Câmara no sentido de intimidar os educadores.

                                               Assista aos dois vídeos abaixo do vereador Lula.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidades