O SILÊNCIO DE RAIMUNDINHO SOBRE A ELEIÇÃO DA CÂMARA E UM AMANHÃ INCERTO COM SEUS PRÓPRIOS VEREADORES

Raimundinho, Aristeu e Franklin

O prefeito eleito de Presidente  Dutra, Raimundinho da Audiolar (Republicanos), está num silêncio total com seus aliados. Muitos que já frequentam a casa grande demonstram sua insatisfação, uns que chegam para o café da manhã, esperam até o almoço e nada de ouvir uma palavra de consolo do mais novo prefeito de Presidente Dutra, que pode começar mal o governo por não saber lidar com a política. Raimundinho parece que é daqueles que vai querer levar a prefeitura como uma extensão de suas empresas.

ELEIÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA 

A Câmara de vereadores de Presidente Dutra é composta por 13 parlamentares, o prefeito eleito Raimundinho da Audiolar conseguiu eleger a maioria, 08 parlamentares são da base de Raimundinho. O republicanos, partido dele foi quem mais elegeu vereadores, sendo eles: Zinaldo, Fernando Sereno, Mano do Pingo de Gente e Aristeu Nunes. Já o PC do B conseguiu eleger Ricardo Lucena, Wallas e Franklin Torres. O partido cidadania conseguiu eleger o vereador Tom Santos. Desses parlamentares, os que se viabilizaram para sair candidatos a presidência do parlamento foram: Ricardo Lucena, Aristeu Nunes e Franklin Torres, mas o vereador Ricardo Lucena já retirou seu nome, pois há uma grande chance de assumir uma secretaria importante no governo de Audiolar.

O SILÊNCIO DA CASA GRANDE

Restaram apenas dois candidatos, Aristeu Nunes e Franklin Torres, porém, o silêncio do prefeito eleito parece ser mesmo infinito e tem deixado muitos aliados “P DA VIDA” pois não entendem como ele não consegue se articular e dar um rumo para eleger o presidente da casa legislativa. Enquanto os candidatos a presidência se articulam, o prefeito dorme no ponto e começa a mostrar que  para ele a Câmara não tem importância e já até comentou para o conhecimento de todos que não iria interferir. Mas pelo que tem rolado nos bastidores da política local, além dos outros parlamentares aliados de Raimundinho, até mesmo os vereadores da oposição preferem o jovem vereador Franklin Torres como presidente por se tratar de um líder de diálogo, pelo fato de Aristeu Nunes ter sido um desertor do grupo de Juran Carvalho.

O SILÊNCIO QUE PODE PREJUDICAR

O prefeito eleito Raimundinho da Audiolar, é daqueles que pensa que na política é como em suas empresas e acha que vai conseguir administrar sem a ajuda da Câmara de Vereadores. Caso pense assim e não der a atenção e o reconhecimento que os vereadores merecem, Raimundinho poderá fazer um governo sob pressão e olhe lá se não for “CATAPULTADO” pela própria Câmara antes mesmo de conseguir chegar nos seus quatro anos. SIMPLES ASSIM..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *