ENQUANTO CODÓ VIRA “CASA DE MÃE JOANA”, EM CAXIAS AUTORIDADES VÃO ÀS RUAS

Na noite dessa sexta-feira (21), a Polícia Militar participou de uma operação integrada com os órgãos de segurança pública e de controle sanitário para fiscalizar e disciplinar o desenvolvimento das atividades comerciais que envolvam reunião de público em Caxias, durante a vigência dos decretos Estadual de n° 36.721/2021 e Municipal de n° 225/2021.

A Polícia Militar atua em conjunto com o Ministério Público Estadual, Delegacia Regional de Polícia Judiciária, Corpo de Bombeiros Militar, Procuradoria Geral do Município, Secretaria de Segurança Pública Municipal, Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil e Coordenação de Vigilância Sanitária.

O Decreto Municipal n° 225/2021 autoriza, em todo município de Caxias pelo período de 17 a 23 de maio de 2021, a realização presencial de reuniões e eventos públicos e privados, porém, com o limite máximo de 50 pessoas por evento.

Os estabelecimentos comerciais, como bares, restaurantes, trailers, lanchonetes e similares, bem como lojas de conveniência e depósitos de bebidas, só poderão funcionar até às 22h, com lotação máxima de 50% da capacidade local, sendo permitido apenas 04 pessoas por mesa, observadas as medidas sanitárias de distanciamento.

A atuação da Polícia Militar durante a operação integrada visa garantir a segurança da população, reprimir as ações de perturbação do sossego público e poluição sonora e coibir as aglomerações para evitar a propagação do coronavírus,” destaca o major Ricardo, comandante do 2º BPM.

Fonte: Noca

Um comentário em: “ENQUANTO CODÓ VIRA “CASA DE MÃE JOANA”, EM CAXIAS AUTORIDADES VÃO ÀS RUAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *