ENTENDA O MOTIVO DESTE BLOG NÃO TER DITO O NOME DO VEREADOR QUE TEM UM CASO COM UMA ADOLESCENTE EM CODÓ

images

Imagem meramente ilustrativa

Caros leitores do Blog do de Sá, quero lembrar aos senhores e as senhoras leitores deste espaço que a notícia relacionada ao vereador de Codó que está tendo um caso com uma menor de 15 anos está dando o que falar. Por onde eu ando na cidade as pessoas me perguntam quem é este vereador, e como e porque eu não disse o nome dele no Blog.
Não direi também fora dele. Mas por que Leandro de Sá? Veja bem: Eu nunca denunciarei algo neste Blog sem que eu tenha certeza, mas recebi alguns comentários dizendo que eu deveria primeiro ter ido ao Conselho Tutelar, ao Ministério Público, etc. Quero dizer a esses caros leitores que não é este meu papel. Meu papel é denunciar na imprensa, e se depois da denúncia o Conselho Tutelar, o Ministério Público ou outras instituições quiserem investigar tudo bem. Aí se não quiserem, não posso fazer nada, mas minha parte fiz.
Não vou dizer o nome deste vereador pelo fato de que nem mesmo a família da adolescente quer levar isso à frente. A família não quer nem mesmo falar com a imprensa e muito menos divulgar o nome do parlamentar. Ademais, quero dizer aos meus caros leitores que quase todos os vereadores daquele parlamento já me ligaram pedindo pra eu divulgar o nome do parlamentar, pois enquanto eu não divulgar boa parte deles pode ser considerada suspeita. Daqui por diante não cabe mais a este humilde comunicador levar às autoridades está denúncia, pois este Blog já é um instrumento que chega a todas as autoridades deste município.

SIM LEANDRO DE SÁ, MAS PORQUE VOCÊ FEZ A DENÚNCIA E NÃO QUER DIZER O NOME DO VEREADOR?

Fiz a denúncia baseada em fatos reais. Algo concreto, nada de conversa que ouvir falar. Meus caros leitores, não tenho interesse nenhum em macular a imagem do parlamento de Codó, muito menos de vereador A ou vereador B, mas fiz a denúncia porque a comunidade precisa avaliar alguns parlamentares que ali estão nos representando.
Não vou divulgar o nome do parlamentar, mas se caso um dia eu procurado for por alguma autoridade constituída para falar sobre o caso darei as devidas informações que tive acesso. Claro, sem dizer o nome da fonte, pois jornalista nenhum tem a obrigação de dizer sua fonte, pois é direito constitucionalmente assegurado aos jornalistas quando necessário ao exercício da profissão. Até mesmo caso um jornalista seja chamado por um juiz, em processo criminal ou cível, ele tem o direito constitucional de não revelar o nome da pessoa que lhe passou a informação jornalística.

11 comentários em: “ENTENDA O MOTIVO DESTE BLOG NÃO TER DITO O NOME DO VEREADOR QUE TEM UM CASO COM UMA ADOLESCENTE EM CODÓ

  1. Concordo com a posição do leitor Américo Silva, se eu fosse esposa de algum desses vereadores, estaria pondo a casa a baixo pra ver se ele confessava, mesmo sendo ele inocente. E isso não é justo com os familiares e amigos dos edis que não tem nada a ver com essa história. O amigo blogueiro deve dizer: “Mais se você é inocente não tem o que temer”, certo, mais até você convencer sua mulher que babado não é bico, já rolaram muitas brigas no casamento.
    Só acho!

  2. Eu entendo assim: se não queres atear fogo, não risque o fósforo. Diante do que foi exposto, mantém como suspeitos todos os EDIS que são casados. O Conselho Tutelar precisa de informações sobre o caso, o Conselho não é adivinho em certos casos, mas quando não é do conhecimento do Conselho, ele deve ser avisado para as devidas providências. Quando se diz que a família não quer levar à frente, no mínimo podemos entender que a família é conivente. A não ser que o blogueiro esteja esperando muitos clicks como diz o Téo Pereira. Agora eu pergunto: como ficam as esposas dos EDIS que são casados?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *