EVENTUAL QUEDA DE TEMER É UM BANHO DE ÁGUA FRIA NAS PRETENÇÕES DE ROSEANA E ROBERTO ROCHA

Caso seja confirmada a renúncia, impeachment ou o afastamento pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) do presidente da República Michel Temer, a partir da delação dos donos da JBS, o cenário político no Maranhão no que tange a disputa eleitoral de 2018, muda consideravelmente.

Os maiores afetados, nesse caso, óbvio que serão os aliados: Entre tantos, os pré-candidatos ao governo estadual, Roseana Sarney (PMDB) e Roberto Rocha (PSB).

Naturalmente, a estrada para reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), que já não impõem tantas dificuldades fica ainda mais trafegável.

Oposicionistas de Dino, a filha de Sarney e o senador socialista que, aliás, já negociava o ingresso no ninho tucano via Aécio Neves, torciam e trabalhavam pelo sucesso do governo Temer, para assim, juntos, tentarem desbancar o atual governo num eventual segundo turno da eleição do próximo ano.

Se concretizada a queda do governo peemedebista nas turvas próximas semanas, as pretensões dos aliados de Temer no Maranhão torna-se um verdadeiro banho de água fria…

Fonte: Domingos Costa

 

Um comentário em: “EVENTUAL QUEDA DE TEMER É UM BANHO DE ÁGUA FRIA NAS PRETENÇÕES DE ROSEANA E ROBERTO ROCHA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *