FARSANTE: GOVERNO FLÁVIO DINO PAGOU EMPRESA QUE É PROIBIDA DE CONTRATAR COM O PODER PÚBLICO

11depois-768x1024

Empresa

O Governo do Maranhão, por meio da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), subordinado da Secretaria de Saúde, contratou e efetuou pagamentos para empresa proibida de contratar com o poder público. A empresa possui sede em Teresina (PI).

A Distrimed Comércio e Representações Ltda – recebedora de milhões do governo Flávio Dino – foi proibida de contratar com o poder público em decisão do juiz federal Lucas de Araújo. A decisão do magistrado foi motivada após a comprovação do envolvimento da empresa com um mega esquema de corrupção que desviou mais de R$ 7 milhões dos cofres públicos do Piauí (saiba mais). A teia criminosa foi desarticulada pela Polícia Federal durante a operação Gangrena.

Os proprietários da Distrimed são Mário Dias Ribeiro Neto, o Mário Brega, e Luiz Carvalho dos Santos. No Maranhão eles, ou melhor, a empresa foi agraciada com dispensa de licitação por mais de R$ 2 milhões (relembre).

Além disso, está sendo investigada, mais uma vez, por outro esquema montado em uma Prefeitura do interior do Piauí. Mas, isso é assunto para outra matéria.

Diante de tais fatos, é notório que a EMSERH não adotou critério algum ao celebrar contratos com empresas. Em razão disso, o Governo Flávio Dino, poderá, sim, responder na Justiça por tais irregularidades.

distrimed7

documento

distrimed5

documento

Fonte: Neto Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *