FC OLIVEIRA FIRMA PARCERIA COM FIEMA PARA QUALIFICAR PESSOAS

fc-oliveira-e-FIEMA-Cópia

Fc Oliveira

A empresa FC Oliveira já adotou há bastante tempo um padrão de investimento em pessoas. O objetivo é qualificá-las melhorando seus desempenhos, tornando-as mais competitivas e para quem ainda não está no mercado de trabalho tal investimento abre portas, mostra novas oportunidades. Prova disso tem sido as constantes formações do Jovem Aprendiz com quase 90% de aproveitamento dentro do próprio grupo, ou seja, gente que já termina a formação com emprego garantido.

Esta semana a empresa deu outro salto rumo ao fortalecimento desse padrão, dessa filosofia de trabalho que tem deixado muitos frutos para a iniciativa privada de Codó e, sem qualquer dúvida, para o resto do país porque alguém capaz e treinado se emprega em qualquer lugar.

O empresário, Francisco Carlos de Oliveira, assinou ontem (27) na sede da FIEMA, em São Luís, ao lado do presidente da entidade, Edilson Baldez, e do vice-governador, Washington Oliveira (PT), convênio de cooperação com a Federação das Indústrias do Maranhão para receber em Codó uma unidade móvel do SENAI (Serviço Nacional da Indústria) em suas instalações na cidade de Codó.

Na ocasião o SENAI recebeu do Governo do Estado três unidades – uma para cursos de automação, outra para construção civil e outra para solda, todas equipadas com máquinas de ponta, computadores e material didático que permitem treinar e qualificar profissionais com os métodos mais avançados que existem na indústria do Maranhão que cresce em média 7% ao ano.

De acordo com informações do vice-presidente do grupo FC Oliveira, Francisco Nagib, que acompanhou o pai na solenidade, a unidade móvel de AUTOMAÇÃO, do SENAI/FIEMA já estará em Codó, possivelmente, a partir do mês de outubro.

Francisco Carlos de Oliveira foi elogiado pela iniciativa de que buscar qualificação para as pessoas onde fica a sede de sua indústria, hoje uma das maiores do Nordeste brasileiro, pelo vice-governador, Washington Oliveira, e pelo presidente da Fiema, Edilson Baldez. Além do industrial radicado em Codó, apenas as empresas BRASIL KIRIM (antiga SCHIN) de Caxias e a cerâmica Tianguá assinaram o convênio para treinar pessoal.

“As unidades permitirão um atendimento mais efetivo tanto na formação e qualificação de trabalhadores da indústria quanto na promoção da qualidade de vida pela saúde”, destacou Baldez

Inicialmente serão os atuais colaboradores da FC Oliveira os beneficiados com a unidade móvel da FIEMA, mas Chiquinho Oliveira já está vendo possibilidades de abrir para pessoas de fora do grupo. Na parceria a empresa entra com despesa de alimentação, logística para instrutores e no que precisar de material complementar e a FIEMA garante a execução dos cursos.

Fonte Acélio Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *