FUNCIONÁRIOS DA SECRETARIA DE SAÚDE EM TIMBIRAS RECLAMAM DAS PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO

images (1)

Prédio onde funciona a secretaria de saúde

A falta de estrutura adequada ao atendimento público, o calor e as condições precárias de funcionamento da secretaria municipal de saúde de Timbiras já vem se arrastando desde o início do ano passado. A mesma não oferece condições digna de trabalho para os seus funcionários e tão pouco comodidade para os usuários que buscam atendimento no local, o reflexo disso tudo é um serviço de péssima qualidade e nenhuma dedicação/motivação dos profissionais que compõem o quadro funcional.

O setor mais prejudicado e de maior reclamação fica praticamente ao lado do confortável gabinete da secretária. No setor que funciona o serviço de emissão do cartão SUS e o acompanhamento do Bolsa Família, não tem ar-condicionado e nem mesmo cadeiras para quem espera por atendimento.

Assim como as pastas administrativas mudam de secretários (a) e coordenadores com frequência,os setores de atendimento também seguem o mesmo ritmo, só nessa administração os digitadores dos programas Bolsa Família e Cartão SUS, já trocaram de sala quatro vezes no mesmo prédio. Parece que estão brincando de esconde – esconde! E atualmente estão dividindo uma sala sem conforto com a Vigilância em Saúde.

Outros setores da Secretaria de Saúde também já trocaram de endereço este ano, por exemplo, a VigilânciaSanitária (VISA) saiu do prédio da secretaria e agora está em uma residência alugada. No entanto, mesmo com a mudança de prédio, os fiscais sanitários carecem de suporte para executar seu trabalho de forma satisfatória;falta fardamento próprio de fiscalização, falta internet para alimentar o sistema com as atividades da vigilância, falta transporte para as diligências dos profissionais, falta, inclusive, o básico, que é água para se beber.

Nada diferente acontece com a equipe de Combate as Endemias da FUNASA,saiu da Cícero Ribeiro e foi para a Rua Agege Thomé no centro da cidade e que também funciona de forma precária. E para fechar a lista, o SAMU, que estava recentemente nos fundos do Hospital do Município, voltou ao seu antigo endereçona Avenida Barreto Vinhas.

Todos os setores citados funcionam em situação precária. Desde o início da atual Administração, que se ouve falar que a Secretaria de Saúde e todos os seus departamentos mudarão para o prédio do extinto Hospital Victoriano Abdalla, e que cada setor será equipado adequadamente para funcionar de modo satisfatório para melhor atender a população timbirense; fato esse que até a presente data não aconteceu e pelo visto esta longe de se tornar realidade.

Diante do que foi relatado cabe à secretária municipal de saúde analisar a situação e, dentro das condições do município, adotar as medidas cabíveis.Por exemplo, economizar com os alugueis, pois, cerca de 80% (oitenta por cento) das repartições públicas de Timbiras funcionam em prédios alugados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.