GRAVÍSSIMO: MÉDICO BOLIVIANO QUE MORA EM CODÓ É ACUSADO DE FORÇAR JOVEM A PRATICAR ABORTO EM TIMBIRAS

download

Imagem meramente ILUSTRATIVA

Esta denúncia é grave e não é qualquer jornalista que teria coragem de levar a público, mas como escolhi está profissão não posso me abster de torná-la pública e, sobretudo, porque não posso me calar como jornalista em se tratando de tamanha barbárie. Pois bem, está denúncia chegou ao Blog do de Sá por meio da família da jovem Rejane Rodrigues de 29 anos. A jovem Rejane Rodrigues é servidora no hospital geral de Timbiras e trabalha como digitadora. A mesma é moradora do bairro anjo da guarda na cidade de Timbiras.

ENTENDA O CASO 1.

A jovem Rejane Rodrigues teria engravidado  do médico Guilhermo Queiroga e já estava no segundo mês da gestação, e sendo assim ao chegar em Timbiras o médico Guilhermo Queiroga convidou a jovem para sair, ou seja, seria apenas mais um encontro para Rejane.  Mas ao chegar em um motel em Timbiras, a jovem foi surpreendida pelo médico que teria  forçando a moça a tomar mesoprostol, o famoso cytotec, e mais uma injeção no bumbum que ela não sabe explicar que injeção foi. Quando a jovem se negou a tomar o medicamento, já nas dependências do motel, saiu um homem de cor morena encapuzado,  de dentro do banheiro do motel com um revolver apontado para ela com as seguintes palavras “Ou você toma  o remédio ou vai morrer agora” a jovem respondeu “ por favor não me mate eu tenho uma criança para criar, façam o que quiserem comigo, mas não me mate” frisou Rejane Rodrigues ao médico a ao outro homem que estava com arma apontada para ela.

ENTENDA O CASO 2.

Depois disso, a jovem Rejane Rodrigues tomou o medicamento sobre fortes ameaças e já por volta das 22 horas foi colocada em um carro pelo médico e o outro homem de cor morena que estava encapuzado e se dirigiram em direção a Codó, onde foram para outro motel. Quando chegaram em Codó a jovem começou a sangrar muito, e só depois, por volta de 4 da manhã do dia seguinte, foi levada de volta para Timbiras e deixada próximo a sua casa, no bairro Anjo da Guarda, sozinha no meio da rua.

ENTENDA O CASO 3

Rejane Rodrigues foi ao médico no dia seguinte e fez os procedimentos legais e por incrível que pareça a criança que está no ventre da mãe não morreu. Está vivinha da silva.

NOTA DO BLOG.

Nos do Blog do de Sá não temos interesse nenhum em denegrir imagem de quem quer que seja, de qualquer profissional, seja ele de qual profissão for, mas também não podemos deixar de noticiar algo de tamanha gravidade. O Blog está a disposição do Dr. Guilhermo Queiroga. Conseguir o contato do médico por meio de uma pessoa de Timbiras, tentei por três vezes ligar para ele, mas não obtive sucesso. O blog está a disposição para todos os esclarecimentos que o médico queira fazer sobre esta denúncia.

14 comentários em: “GRAVÍSSIMO: MÉDICO BOLIVIANO QUE MORA EM CODÓ É ACUSADO DE FORÇAR JOVEM A PRATICAR ABORTO EM TIMBIRAS

  1. Gente,
    Ninguém tem nada haver com a vida de ninguém. Se a menina ou ele não prestam, se a menina ou ele não valem nada. Se ela sabia que ele era casado, é claro que ele também sabia que ele próprio era casado e que tinha uma mulher para respeitar. Quanto a isso ninguém tem nada haver com a vida de ninguém.
    Mas a partir do momento em que uma pessoa pratica um crime, é sim da conta de todo mundo. De acordo com a Constituição Brasileira, a Declaração Universal dos Direitos Humanos, o ECA, entre outras leis. Todos e todas tem direito a vida, no momento em que ele obrigou a menina a tomar os remédios ele descumpriu a lei, ele não poderia de forma alguma tomar decisões pelo/a filho/a dele.
    Se a justiça de Codó não fechar os olhos, ele poderá responder por:
    1 – Ameaça;
    2- Cárcere privado;
    3 – Tentativa de aborto ou aborto (caso a criança não sobreviva);
    4 – Tentativa de homicídio ou homicídio (caso a criança não sobreviva).
    E na minha opinião ele deveria ter o CRM cassado, pois ele descumpriu o juramento feito por ele no ato de sua graduação em medicina.

  2. amigo guilhermo conheço vç e sei do seu carater e personalidade pois saibam codoenses que este medico que tanto contribui e contribuirá para o bem do povo codoense não teria tal atitude pois conheço você e sei dos seus principios amigo pois segundo os comentarios esta jovem já tentou enganar outros pois vamos avaliar o conteúdo dessa versão pois amigo guilhermo sou seu amigo e estou orando por você, pela sua familia, pesso a Deus que lhe proteja de todo mau; AMÉM abraços a suas filhas e saiba
    caxias estar de bracos abertos pra vç meu amigo

  3. Eu acho que ele deveria voltar para a Bolivia. Talvez por lá isso não seja tão sério.A karla ai tá preocupada com a familia dele mais do que ele mesmo. Se preocupa não Karla, a mulher dele já o perdoou por outras fatos parecidos… Quem se separa por causa de traição é pobre que é abestado… a mulher dele deve exigir outro carro novo dele para esquecer tambem esse episódio e eles ficarão bem.

  4. Parabéns!!!

    Só aqui vir essa noticia, só porque é médico, rapaz se cometeu algum crime tem que ser noticiado, aqui em codó tem essa idiotice de que gente rica e conhecida não pode ser noticiada quando faz algo de errado,Tudo por causa de interesse pessoal, se é jornalista tem que ser imparcial, Não tem essa de amizade, conhecido etc.. e a a sociedade quer saber o que acontece na cidade em todos os amplos da noticia, não só de politicagem.

  5. Leandro de Sá, você esta de parabéns por honrar a profissão que assumiu, pois foi o único da cidade que teve coragem de expor para a sociedade os fatos referentes a algo tão grave. Há alguns meses atrás, todos os blog evidenciaram uma tentativa de homicídio contra um rapaz que estava assediando uma menor de idade, sendo que até onde sabemos, o mesmo não teve relacionamento algum com a menor de idade, não sequestrou ninguém, não ameaçou ninguém de morte e nem obrigou de tomar medicamentos ilícitos com o objetivo de abortar uma vida, mas todos os outros vendedores de informação manipulada publicaram. E agora, quem é que vai honrar a profissão que veste???

  6. Que Deus tenha compaixão dessa moça que esta querendo destruir uma familia de bem. Pelas suas história na sua propria cidade não são muito agradaveis. A sua primeira gravidez esta sendo a mesma coisa da segunda, Ela afirmava q era de uma pessoa e na hora era do seu primo. E jornalista deveriam avaliar os tipos de denucias antes de publicar assim como ela você estão destruindo uma familia onde envolve crianças. O carater dela ja bem licito so em se envolver com homem casado. Isso e mais uma picareta querendo da um golpe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *