GRAVÍSSIMO: PACIENTE ESTARIA SENDO ASSEDIADA POR FUNCIONÁRIO DO HOSPITAL MACRORREGIONAL DE COROATÁ

Hospital Macrorregional de Coroatá-01

Macrorregional

O Hospital Macrorregional de Coroatá foi palco de uma grande confusão na manhã desta segunda-feira (21/12/2015). Tudo porque a paciente Francisca Santos relatou ao marido, Devaldo Nascimento, mais conhecido como “Mata Rato”, que estava sofrendo assédio sexual de um técnico em enfermagem, que ainda não teve a identidade revelada, mas de acordo com informações seria da cidade de São Mateus. “Mata Rato” se revoltou com a situação e ao ver o funcionário, descrito pela esposa, tentou agredi-lo, mas foi contido por outros profissionais.

Devaldo acabou preso pela polícia por ter quebrado uma das portas de vidro do Macrorregional. Na delegacia ele disse à imprensa que já procurou o advogado para mover uma ação na justiça contra o hospital e contra o funcionário.

“Ela me contou tudo. Disse que ele ficava pedindo o whatsapp dela, perguntava se eu olhava o celular dela e depois, quando ia dar o medicamento ele passou a mão nela. Quando eu vi eu fui falar com ele e ele levantou a mão pra mim ai eu dei um soco nele e veio várias pessoas separar a gente. Não sei quem era a mulher, se era médica ou não, só sei que mandaram me retirar de lá e eu não nego, quebrei mesmo a porta porque isso é revoltante. Meu advogado já está vindo e eu vou querer justiça”, disse “Mata Rato”, que trabalha consertando motos.

A direção do Hospital Macrorregional de Coroatá ainda não se pronunciou sobre o caso. Nem mesmo o nome do funcionário, apontado como autor do assédio, foi divulgado.

O Blog aguarda uma nota da direção.

Fonte: Coroatá Online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *