HOMEM MORRE ENVENENADO APÓS FLAGRAR ESPOSA COM AMANTE

1

Corpo da vítima sendo conduzido pelo IML

Na noite da última quinta-feira (10/07), um homem identificado por João Batista Vieira, de 41 anos, flagrou a sua esposa na cama com outro homem, ao chegar em sua residência na Baixa do Aragão no Bairro Dirceu Mendes Arcoverde, em Parnaíba.

Inconformado com a situação, João Batista resolveu tomar uma substância conhecida como “Chumbinho”, visando tirar a sua própria vida. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU foi acionada e esteve no local prestando os primeiros socorros a vítima e encaminhando-a em seguida para o Pronto Socorro do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – HEDA.

João Batista ficou internado no HEDA, mas não resistiu e veio a óbito durante a madrugada dessa sexta-feira (11/07) por volta das 2h. Dessa forma, uma equipe do Instituto Médico Legal foi acionada pela manhã de sexta-feira para realizar a remoção do corpo para o Posto Avançado do IML em Parnaíba, localizado no Bairro Frei Higino.

No Brasil, “Chumbinho” é um produto clandestino, irregularmente utilizado como raticida, tem este nome porque o produto não diluído tem a aparência de pequenas esferas de chumbo. Não possui registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), nem em nenhum outro órgão de governo. Pessoas ou animais que ingerem o chumbinho sentem fortes dores, anseiam vômitos e também perdem o sistema imunológico, além de prejudicar células e tecidos, podendo levar a morte, como no caso citado acima.

Por Kairo Amaral via Blog do Cabo Brito 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *