IDOSO É DEGOLADO NA ZONA RURAL DE CODÓ

20150428_093115

Eugênio Oliveira, Vítima

Um idoso de 79 anos, morador da localidade Raposa, a 60 km de Codó, foi executado na tarde de ontem por volta das 16 horas. Tudo começou depois de uma discussão entre o idoso e o autor do crime, identificado por Edivaldo Sousa, de 21 anos.
O crime teria acontecido depois que o autor do crime fora atingido por uma “panada de facão” por parte do idoso. Ainda não se sabe o motivo que levou o idoso a efetuar esta “panada de facão” no autor do crime.
Revoltado com a agressão, depois disso, o jovem Edivaldo Sousa disse que iria se vingar daquela audácia do idoso, e horas depois resolveu tirar a vida do idoso com forte facada no pescoço. Não vamos mostrar as fotografias por serem imagens muito fortes e entendemos que elas não acrescentariam em nada em nossa matéria aqui no Blog.
O idoso foi identificado pelo Nome de Eugênio Oliveira. O autor do crime foi preso e está a disposição da justiça na Delegacia Regional de Codó.

20150428_094241

Edivaldo Sousa, autor do crime

2 comentários em: “IDOSO É DEGOLADO NA ZONA RURAL DE CODÓ

  1. TRE derruba a liminar que mantinha prefeito cassado exercendo o cargo
    O então prefeito de Dirceu Arcoverde-PI, Carlão do Feijão, sofreu mais uma derrota na justiça

    Após ter sido cassado pela Justiça Eleitoral, o então prefeito de Dirceu Arcoverde, Carlão do Feijão, sofreu mais uma derrota na justiça. Seu advogado havia recorrido da decisão e ajuizou uma ação cautelar no TRE para pedir efeito suspensivo da decisão de cassação para que o prefeito permaneça no cargo ate o julgamento do recurso inominado.

    A defesa conseguiu êxito na cautelar onde o desembargador Joaquim Santana (relator) concedeu uma liminar favorável ao prefeito para que o mesmo continuasse no cargo ate o julgamento do recurso de mérito, porém o advogado Leandro Cavalcante de Carvalho recorreu da decisão que concedeu a liminar e ajuizou um agravo regimental para que o pleno do TRE decidisse sobre a concessão ou não da liminar.

    O advogado conseguiu de forma inédita êxito no agravo regimental, onde por 4 votos a 2, o TRE decidiu cassar a liminar que mantinha o então prefeito de Dirceu Arcoverde no cargo, devendo haver eleição em 40 dias. Ainda cabe recurso para o TSE, porém não há fundamentação jurídica e deve recorrer fora do cargo.

    Essa decisão do TRE é inovadora, pois sempre a corte mantinha a liminar ate o julgamento do recurso eleitoral, e agora decidiu pela cassação da liminar para recorrer fora do cargo. O Ministério Publico parabenizou pelo excelente trabalho e pela mudança de paradigma.

    A Justiça Eleitoral do Piauí havia cassado no dia 6 de abril o prefeito de Dirceu Arcoverde, Carlos Gomes Oliveira, o Carlão do Feijão (PR) e seu vice, Marconis Ribeiro Galvão (PTB), acusados de abuso de poder político ao distribuir vários materiais de construção e elétrico aos eleitores da cidade. O prefeito também teria recebido ajuda do ex-prefeito sem que os gastos tivessem sido registrados em sua conta de campanha.

    Prefeito e vice foram condenados ainda isoladamente ao pagamento de multa e a inelegibilidade para as eleições a se realizarem nos oito anos subsequentes à eleição de 2012.
    Repórter: Jhone Sousa
    Publicado Por: Jhone Sousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *