INGRATIDÃO: PREFEITO DE CODÓ NÃO RESPEITA NEM MESMO SUA COMUNICAÇÃO E MANDA QUASE TODOS PARA O “OLHO DA RUA”

Ellen Quintanilha

O prefeito de Codó, Francisco Nagib (PDT), é um homem que não respeita nem mesmo os que trabalham fazendo a construção de sua imagem. Hoje, sexta-feira (16), METADE, isso mesmo, A METADE da assessoria de comunicação do prefeito de Codó foi cortada e posta para o olho da rua e todos eles foram “enganados” com a promessa de que serão afastados apenas por dois meses, e depois, retornarão ao trabalho, pura balela, conversa para boi dormir, isso já é pratica usada por quem vai demitir alguém.

QUEM FORAM OS DEMITIDOS

Um dos demitidos foi a competentíssima repórter, Hellen Quintanilha, que, diga-se passagem, deu a vida e às vezes fez até o impossível para eleger o prefeito de Codó. Ela é uma profissional respeitada e carismática no meio da comunicação e de toda a sociedade codoense. Hellen Quintanilha é um exemplo de profissional que qualquer emissora ou político gostaria de ter por perto.

LOCUTOR GABRIEL MARLEY

Quem também foi pro olho da rua foi o locutor Gabriel Marley que também dispensa comentários quando o assunto se chama esforço para defender alguém. Gabriel Marley também foi uma das vítimas das “malditas canetadas” do prefeito de Codó, Francisco Nagib.

CINEGRAFISTA VICENTE MARANHÃO.

Trabalhador e competente no que faz, o jovem cinegrafista, Vicente Maranhão, também foi demitido por Nagib. Portanto, todos os esses profissionais que foram citados na matéria ajudaram, e por demais, o prefeito de Codó a chegar à prefeitura de Codó, e, diga-se passagem, a maioria deles trabalhou de graça na campanha com a promessa de ter um trabalho digno, e como pagamento, recebem demissão.

E QUEM FICOU COMO VAI SER?

Quem ficou foram apenas os seguintes profissionais: Edivania de Paula, repórter, Messias Marquejane, cinegrafista, Rafafel Fernandes, editor de texto, e Rafael Costa, designer. Esses profissionais serão remanejados para a TV CODÓ a partir da outra semana, TV que está sendo usada para trabalhar o nome do ex-prefeito de Codó para deputado estadual, mas isso é assunto para outra postagem. Esses profissionais também não sabem como ficarão no governo já que serão remanejados para outro setor e serão coordenados por outra pessoa. Não se sabe se o prefeito vai pagar esses profissionais na folha ou se receberão da licitação de publicidade do município.

A INGRATIDÃO DO PREFEITO.

Resumindo, o prefeito de Codó foi de uma ingratidão sem precedentes com seus comunicadores, já que todos, sem exceção, acreditaram em um projeto de administração séria e que respeitasse os codoenses. Além disso, trabalharam por demais na campanha com a esperança de serem reconhecidos e nada disso aconteceu. O salário que o prefeito pagava, e paga, a esses profissionais; é vergonhoso, mas infelizmente nem todos os colegas tem outras oportunidades e precisam se submeter a certos ditames. Em qualquer lugar do planeta demitir alguém é normal, não estamos questionando isso, estamos questionando a ingratidão do prefeito para com os seus colaboradores. LAMENTÁVEL…

 

13 comentários em: “INGRATIDÃO: PREFEITO DE CODÓ NÃO RESPEITA NEM MESMO SUA COMUNICAÇÃO E MANDA QUASE TODOS PARA O “OLHO DA RUA”

  1. Eu acho isso um absurdo! Uma pessoa tão competente com a Ellen não merece isso! Uma mãe de família, trabalhadora, excelente profissional, a melhor repórter que Codó tem,ser tirada da prefeitura de Codó! Agora dou um conselho pra ela que há anos trabalha pra eles, se fosse ela, EU NAO VOLTAVA A TRABALHAR COM ELES! você é grande, alias todos eles são profissionais de respeito! E merecem coisa melhor que prefeiturazinha de merda!

  2. Gostaria de aproveitar a onda e apontar para o interno da Secretaria de Educaçao porque me pergunto qual o motivo de tanta gente ganhando dinheiro sem ao menos ter o que de fato fazer. Qual a funçao atual da ex secretaria Rosina O que ela faz? Que horas trabalha? E por favor parem de usar essa importante secretaria como pagamento de favores. Lembrando tem muita gente lá que trabalha duro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *