MÃE DE POLICIAL MORTO EM ARARI FAZ APELO, CULPA A PM E DIZ QUE FILHO ESTAVA DOENTE

i1

Vítima

A mãe do Policial Militar do Serviço de Inteligência, James Fernandes, morto numa troca de tiros com criminosos durante uma operação no município de Arari, fez um desabafo e revelou não se conformar com a perda precoce do filho.

Ela clamou por Justiça e culpou o comando da PM por deixar que o policial, que sofria de síndrome do pânico  e ansiedade, continuasse a exercer as atividades no serviço velado da corporação, que para ela “é um verdadeiro inferno”.

Segundo a mãe da vítima, a família de James já havia solicitado o afastamento dele por várias vezes. Ele esteve afastado por um período de 30 dias mas foi chamado de volta. A mãe dele chegou a ameaçar invadir o comando da PM e até tirar a roupa em protesto pedindo que o filho continuasse afastado por que estava doente.

Ontem, o ex sub-comandante Geral da Policia Militar, Coronel Sá, lamentou a morte do PM.

lll-1024x693

Cortejo

O soldado James Fernando foi atingido por disparos de pistola ponto 40. Um deles transfixou o braço e atingiu a região do coração. O PM ainda foi socorrido mas não resistiu.

Ele foi sepultado na manhã desta sexta-feira (18) em São Luís, e deixa esposa e uma filha de dois anos.

Fonte: Blog do Minard

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *