MAGNO BACALERA ESTÁ “POR UM TRIZ” EM CHAPADINHA E PODERÁ NÃO ASSUMIR

screenshot-2016-10-21-at-10-40-18

Magno Bacelar

Como já se esperava, o prefeito eleito em Chapadinha no último dia 2 de outubro, Magno Bacelar (PV), não deverá ser diplomado em janeiro de 2017, pois, com o fato do nome dele ter passado a constar na lista de inelegíveis do Tribunal de Contas da União – mas só agora depois que o TCU reconheceu como erro técnico o sumiço do nome dele na lista dos fichas sujas de 2014 – o Ministério Público Eleitoral recomendou o indeferimento do registro de candidatura do ex-prefeito.

Para o Procurador Regional Eleitoral Thiago Ferreira de Oliveira, os pagamentos irregulares praticados na Prefeitura de Chapadinha entre 2006 e 2007, são considerados vícios insanáveis e ato doloso de improbidade administrativa. (Veja abaixo)

O indeferimento de registro de candidatura de Magno Bacelar está por vir conforme o parecer do MPF, pelo visto, a vitória nas urnas do candidato vai ser passageira. O processo 015666/2002-8, que apontou contas reprovadas de Magno reaparece para acabar com o sonho dele de ser prefeito novamente de Chapadinha, pois os 47% dos votos que obteve estão perto de serem anulados.

E agora Magno?

screenshot-2016-10-26-at-14-57-51

documento extraído do Blog do Minard

screenshot-2016-10-26-at-14-57-07

documento extraído do Blog do Minard

Fonte: Blog do Minard

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *