MARANHÃO REGISTRA PRIMEIRO CASO DE CEPA INDIANA DA COVID-19 NO BRASIL

O resultado do sequenciamento genômico das amostras dos tripulantes do navio “MV Shandong Da Zhi”, que foram infectados pela covid-19, deu positivo para a variante B.1.617.2, conhecida como a variante indiana.

A informação foi confirmada, na manhã desta quinta-feira (20), pelo secretário de Estado da Saúde do Maranhão (SES), Carlos Lula. Segundo o secretário, dos 15 tripulantes infectados com a Covid, seis deram positivo para a nova cepa.

De acordo com a SES, dos 15 tripulantes do navio que testaram positivo para a covid, 14 estão em isolamento no navio e um segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em um hospital da rede particular de São Luís.

Segundo a Secretaria, esse tripulante, que se trata de um indiano, de 54 anos, foi o primeiro da embarcação a ser diagnosticado com o vírus. Ele mantém quadro estável e apresenta melhora clínica, segundo boletim médico.

Os 14 infectados e os 9 que não apresentam quadro da doença, seguem isolados em quarentena. A tripulação está toda isolada, e o navio não tem permissão para atracar no Maranhão. A embarcação permanece em alto mar, na área de fundeio.

De acordo com a SES, 100 pessoas que tiveram contato com os tripulantes infectados, que foram hospitalizados, devem ser testadas, acompanhadas e isoladas.

Do Imirante.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *