MARANHÃO,TERRA DE NINGUÉM: EM PIO XII PACIENTE É CARREGADO EM REDE

18136975_1391846464228852_859584566_nO prefeito Carlos Alberto Gomes Batalha, o Carlos do Biné (PCdoB) do município de Pio XII, precisa abrir os olhos nesse primeiro semestre de sua gestão, caso contrário, seguirá o mesmo caminho do seu antecessor, Paulo Veloso.

Dos tantos casos de desorganização que começam fazer os piodozenses desacreditarem no gestor, separei apenas três, que cito abaixo. Vejamos:

– Primeiro

Na última sexta-feira, dia 21, uma pessoa foi levada para o hospital carregado dentro de uma rede pelos seus familiares, vez que a ambulância do município se negou fazer o translado do paciente no povoado Cordeiro, zona rural de Pio XII, conforme mostra a foto acima.

– Segundo 

Ontem, segunda-feira (24), a escola ANPE Abençoado, localizada na Avenida Frei Heraldo, que atende cerca de 200 crianças da pré-escola, amanheceu fechada, como retrata a imagem abaixo. Tudo por conta da falta de pagamento do aluguel do prédio. O adjunto da Secretaria de Finanças, Marco Jorge Braga de Oliveira, ainda tentou justificar o não pagamento em um grupo de rede social na qual a dona do prédio pertence, mas os argumentos não foram conviventes.

– Terceiro

18136844_1391846507562181_712800443_nFalta de pagamento do aluguel fez Escola ANPE Abençoado fechar as portas…

No inicio deste mês, a Justiça suspendeu o contrato de fornecimento de combustíveis firmado com a empresa M. das G de M. C. Ferreira (Posto Vitória), com base em uma Ação Civil Pública do Ministério Público. Ao analisar o pregão presencial n° 001/2017, a Promotoria encontrou uma série de indícios de irregularidades. O primeiro ponto é o alto valor do contrato e a quantidade de combustível a ser adquirido. Vigência de 12 meses, com valor total de R$ 1.438.970.

Portanto, diante desses três alertas, espera-se ainda nesse inicio de gestão, que o prefeito Carlos do Biné desperte e comece, de fato, administrar com mais responsabilidade.

Antes que seja tarde…

Fonte: Domingos Costa

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *