MINISTÉRIO DA JUSTIÇA INVESTIGA FRAUDE NO MINHA CASA MINHA VIDA EM CAXIAS

download

Léo Coutinho Prefeito de Caxias

O Ministério da Justiça concluiu que existem irregularidades no residencial Eugênio Coutinho, composto por 2 mil casas do programa Minha Casa Minha Vida em Caxias.

Os primeiros levantamentos apontam que cerca de 20% das unidades estão fechadas porque os donos não necessitam de morar no local. Além disso, parte das residências ainda não foi concluída mesmo depois de dois anos da obra dada como executada.

O residencial Eugênio Coutinho leva o nome do maior construtor da região do Cocais e pai do prefeito de Caxias, Léo Coutinho. Ele é irmão do ex-prefeito Humberto Coutinho e um dos principais apoiadores da candidatura do comunista Flávio Dino.

A sua empresa, a Amorim Coutinho, desde que o irmão Humberto Coutinho ganhou a prefeitura só aumentou o patrimônio. Ele é hoje uma das maiores fortunas da região.

O prefeito atravessa hoje um dos seus piores momentos de gestão, com reprovação em pesquisas que ultrapassam a casa dos 60%. A administração vem sendo acusada de uma série de irregularidades.

 Fonte Luis Cardoso

Um comentário em: “MINISTÉRIO DA JUSTIÇA INVESTIGA FRAUDE NO MINHA CASA MINHA VIDA EM CAXIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *