O DIA EM QUE O LIVRO SE FECHA,AS LETRAS SE CALAM E NOSSO IMAGINÁRIO TAMBÉM

Imagem 127

João Batista Machado

Morreu na noite desta segunda (21), em Teresina-PI após sofrer uma parada cardíaca, o professor, escritor, poeta, pesquisador João Batista Machado aos 90 anos de idade. João Batista  foi autor de trabalhos que serviram de referência para novas pesquisas e também ajudaram a traçar um perfil histórico e social da cidade de Codó.

As letras certamente cessarão em prosa e em verso, em homenagem ao poeta.  Vejo que nossa sociedade não valoriza o conhecimento como deveria, pois se assim fosse, sua obra fosse estudada nos Ensinos  Fundamental e Médio do município, outra injustiça é a de não ter ofertado a João Batista Machado o maior reconhecimento em vida, tê-lo levado para a Academia Maranhense de Letras, pois lá é o local dos imortais, pois escritores bem menos significativos lá estão. O Blog  se solidariza com a família, alunos e reconhecedores da envergadura desse ícone codoense.

Fonte: Blog do Bezerra

Um comentário em: “O DIA EM QUE O LIVRO SE FECHA,AS LETRAS SE CALAM E NOSSO IMAGINÁRIO TAMBÉM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *