O PODER É EMBRIAGANTE: LEMBRANÇAS DAS ELEIÇÕES 2016 EM TIMBIRAS

fabriziochico

Pai e filho

Ainda em 2013, no primeiro ano do atual governo, Chico do Foto (pai) e Fabrízio Araújo (filho) anunciaram seu rompimento político, a partir de então, o pai, não escondia de ninguém a mágoa que sentia do filho por conta desse episódio e fazia questão de dizer que a partir daquele momento tinha uma missão a cumprir: Tirar o poder a quem ele deu o poder.

Por quase três anos e meio, muita gente não acreditava e chegava a apostar que aquele rompimento não passava de estratégia para levar Fabrízio à reeleição em 2016.

O tempo passou e mostrou aos timbirenses que a briga era de verdade, Chico do Foto, aliou-se ao grupo de Carlinhos Borba e durante a campanha política a guerra verbal entre o pai e o filho ficou mais acirrada, o palanque foi um dos locais escolhidos para o tiroteio verbal de acusações, principalmente por parte do patriarca da família “Foto”.

O final dessa história já é de conhecimento de todos: Ambos saíram derrotados. Mas, é também de conhecimento da população que Chico do Foto com sua liderança ajudou muito a alavancar a campanha 65 em Timbiras, fato que dá a ele o mérito de ter contribuído de alguma forma para a derrota do atual prefeito.

Será o ex-prefeito Chico do Foto pode bater no peito e dizer que a missão de tirar o filho do poder foi cumprida e que ele foi o responsável por isso?

Tirem você suas próprias conclusões…

Fonte: Portal Oi Timba

 

3 comentários em: “O PODER É EMBRIAGANTE: LEMBRANÇAS DAS ELEIÇÕES 2016 EM TIMBIRAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *