OPINIÃO: O ANO QUE VEM ESTÁ CHEGANDO E O POVO PRECISA CAIR NA REAL.

politica

Imagem meramente ilustrativa

O título acima diz que o ano que vem “está chegando”. Obviamente ainda temos seis meses, não está tão perto assim. Mas quero dizer que ano que vem todos os holofotes estarão voltados para a política. Quem for mais forte vai permanecer e quem for fraco só temos que lamentar, pois os tubarões podem engolir a todos.
Não é segredo para ninguém que em época de campanha eleitoral o povo é tido como uma ferramenta que pode ajudar a salvar os desmandos que existem dentro da política, caso eleja candidato A ou candidato B. Balela!! Pura demagogia com o povo. Dá nojo quando ouvimos isso de um político. E não vamos longe. A nossa cidade de Codó está cheia de gente dessa estirpe. Nós não estamos nos referindo sobre a desordem, onde gente está matando o próximo a esmo, até porque isso é consequência social, que deve ser mudada com as boas práticas feitas pelos políticos. Estamos nos referindo da desordem que esta sendo praticada dentro da política brasileira. E o povo reclama, mas quando chega época de eleição acaba votando naqueles candidatos que não merecem nossa confiança. Refiro-me “nossa”, porque também me incluo nesse contexto, pois todos nós somos responsáveis pelos homens públicos que ai estão.

“EU QUERO É ME ARRUMAR”

O cidadão se enfurece com os desmandos públicos,diz isso e aquilo dos governantes,mas na hora de votar acaba sendo um simples “fantoche” dos políticos. É justamente com esse estado de coisas que se abre a perspectiva de uma única saída: a educação. Mas será que é a educação pública? Não, de forma alguma, político não tem interesse em ver seu povo sendo qualificado, sendo formado, sendo um individuo com conhecimento. Ele quer ver um povo “mesquinho” que vive a sua porta pedindo uma ordem de gasolina, pedindo um caixão quando um ente querido morre, pedindo isso, pedido aquilo. Alguém ousa em me dizer que a educação pública é uma educação exemplar? Acho que não.
A salvação ainda são as instituições particulares, que nem todos têm condições de pagar, mas mesmo assim muitos pais ainda fazem um sacrifício do “diacho” para que os filhos tenham uma boa formação. É o caso de Codó, onde inúmeros jovens saem daqui todos os dias em direção a Caxias. Precisamos nos atentar, pois nos somos um instrumento importante nas eleições. Não vamos deixar que pessoas entrem na vida pública apenas para se dar bem.

4 comentários em: “OPINIÃO: O ANO QUE VEM ESTÁ CHEGANDO E O POVO PRECISA CAIR NA REAL.

  1. A EDUCAÇÃO PÚBLICA SUPERIOR É SIM MAIS QUALIFICADA E É A QUE REALMENTE FORMA O CIDADÃO PARA A VIDA E O MERCADO DE TRABALHO.
    O PROBLEMA É QUE EM CODÓ OS POLÍTICOS(INCLUINDO ESSE PREFEITO CASSADO E TODOS OS VEREADORES E DEMAIS FIGURAS CONHECIDAS) NÃO TEM O MENOR INTERESSE QUE A CIDADE VENHA A TER FACULDADES SEJAM PÚBLICAS OU PARTICULARES.
    ESSE POVO DA POLÍTICA DO CODÓ TEM MEDO QUE AS FAMÍLIAS POBRES PASSEM A TER ACESSO E FORMAÇÃO SUPERIOR.
    PARA ELES QUE ESTÃO NO “GOVERNO CUIDANDO DA GENTE DELES”, É MELHOR A POPULAÇÃO FICAR PEDIDO UMA PASSAGEM, UM REMÉDIO, UM EMPREGO CONTRATADO E ETC…

  2. MUITO VERDADEIRA A ÚLTIMA FRASE ESCRITA PELO LEANDRO DE SÁ, VEJAM E ATENTEM:

    “””NÃO VAMOS DEIXAR QUE PESSOAS ENTREM NA VIDA PÚBLICA APENAS PARA SE DAR BEM”””.

    COMO EXEMPLO DESSA FRASE CITAMOS O SENHOR JOSÉ ROLIM FILHO, QUE ENTRE 2008 E O ANO DE 2012, CONFORME AS SUAS DECLARAÇÕES DE RENDA À JUSTIÇA ELEITORAL, HOUVE UM ACRÉSCIMO DE 3.300% . REPITO: TRÊS MIL E TREZENTOS POR CENTO, SEM CONTAR OS PARENTES E ADERENTES.
    LEANDRO, ÓTIMA REPORTAGEM, OS MEUS PARABÉNS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *