PABLO VITTAR: UM CAXIENSE DIRETO DAS OFICINAS DO CENTRO DE JUVENTUDE AO ESTRELATO

Pabllo Vittar

Pablo Vittar

Nas redes sociais e na mídia de um modo geral o assunto predileto nos últimos tempos foi o sucesso alcançado pelo artista Pabllo Vittar, atualmente contratado pela Rede Globo para integrar a banda do programa “Amor e Sexo”. O que poucas pessoas sabem é que o reconhecido artista teve uma formação vocal num projeto social da Prefeitura de Caxias, no Maranhão, vinculado à Secretaria Municipal de Assistência Social: o Centro da Juventude do bairro Volta Redonda.

 De acordo com um dos seus professores da oficina de música do projeto, Daniel Reis, Pabllo iniciou no CJ ainda com 12 anos, com a intenção de se tornar cabeleireiro profissional, mas a voz potente chamou a atenção dos professores de música que decidiram trabalhar com ele as técnicas vocais, tornando-o vocalista da banda do CJ2 e levando-o a apresentar o seu talento na região.

 “Ele chegou aqui magrinho, mas a gente já notou nele algo diferente. O feeling estava nele. Uma voz linda, comovente que precisava ser lapidada. Era pedra bruta ainda. Nós observamos, eu, o Lizandro e a professora Assunção e dissemos: este rapaz vai longe. Então, procuramos repassar a ele alguma coisa da nossa experiência como tempo de música, afinação, a música que se adequava à voz dele”, relata Reis.

 Primeiro passo

 Ele acrescenta que, em seguida, Vittar foi escalado para compor a Banda CJ2 e fez algumas apresentações em Caxias e região, chegando a emocionar o então governador do Maranhão, Jackson Lago, durante uma apresentação da banda na Concha Acústica da Lagoa da Jansen, em São Luís.

 Um outro momento marcante, citado por Daniel Reis, foi quando apoiado pela secretária de Assistência Social da época, Cleide Coutinho, Pabllo gravou seu primeiro CD na Casa Brasil, com um single de Robson Monteiro. “Ela ficou emocionada quando o ouviu tocar”, ressalta.

 O professor Daniel Reis calcula que o cantor permaneceu no projeto uma média de três anos.

 Assistidos alcançam projeção profissional

 O Centro da Juventude da Volta Redonda, o CJ2, oferece atualmente 16 cursos para jovens dos 12 aos 24 anos de idade. Segundo Maurício Morais, um dos coordenadores do projeto, eles recebem uma média de 150 a 170 alunos nas oficinas por turno, chegando até 400 alunos.

 A secretária de Assistência Social de Caxias, Fátima Liguori, conta que tem sido comum a conquista do mercado profissional por boa parte destes alunos das oficinas dos projetos sociais. Alguns são aproveitados pela própria Secretaria como monitores e outros ganham voos mais altos. Das oficinas já saíram para uma vida profissional, além de Pabllo Vittar, o Joseph que está fazendo sucesso na região com o estilo sertanejo universitário, além de outros alunos na área de pintura, locução de rádio, estética, artesanato e da própria banda.

 Os cursos oferecidos são:

                Violão

  • Bateria
  • Teclado
  • Voz
  • Locução de Rádio
  • Artes plásticas
  • Teatro
  • Artesanato
  • Biscuit
  • Estética (cabelo, unha e maquiagem)
  • Capoeira
  • Futsal
  • Volley
  • Informática
  • Reforço Escolar

Para participar, basta apresentar cópias do comprovante de residência, do RG, CPF ou certidão de nascimento, declaração de frequência dada pela escola e o número do Nis, caso possua. O aluno pode participar de até três cursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *