PROMOTORIA QUER OUVIR CORONÉIS E MAJOR EM INVESTIGAÇÃO SOBRE REFORMA NO COMANDO GERAL

A promotora Márcia Haydée, da Promotoria de Justiça Militar, quer ouvir os policiais militares Jorge Luongo, Frederico Pereira e Alexandre Américo de Oliveira no procedimento preparatório que apura a conduta dos agentes no gerenciamento e fiscalização da execução dos serviços decorrentes de um contrato para reforma e ampliação do portal de acesso e guarita de segurança do Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão.

A investigação foi instaurada no dia 19 de maio, após levantamento preliminar apontar que um contrato fechado pela Polícia Militar maranhense em quase R$ 100 mil não chegou a ser completamente cumprido pela construtora e a obra encontra-se inacabada, “causando transtornos administrativos e operacionais à rotina da instituição”.

O prazo para conclusão é de 90 dias.

De acordo com o Ministério Público, embora no âmbito criminal um inquérito policial militar sobre peculato e prevaricação tenha sido arquivado por ausência de elementos indispensáveis ao oferecimento de denúncia, há indícios de atos de improbidade dos militares que necessitam ser apurados.

Jorge Luongo e Frederico Pereira são coronéis da PM do Maranhão, sendo o último já na reserva remunerada, e Alexandre Américo de Oliveira, major. Os dois primeiros foram comandantes da Polícia Militar maranhense durante o primeiro mandado do governador Flávio Dino (PCdoB) à frente do Palácio dos Leões.

A responsável pela obra é a D 3 Arquitetura Construções e Distribuições, empresa de pequeno porte em São Luís, de propriedade de Herlon Warwick Dourado Trinta. Ele também deverá prestar depoimento.

As oitivas dos investigados foi solicitada ainda no mês passado, no bojo das providências iniciais determinadas pela Promotoria de Justiça Militar. A data ainda não foi marcada.

Por conta da pandemia, os depoimentos dos militares e do empresário serão tomados por videoconferência.

Fonte: Atual7

JUSTIÇA CONDENA ASSASSINOS DOS PAIS DO DEPUTADO CLÉBER VERDE

O Poder Judiciário de Turiaçu julgou a ação penal do crime de roubo e assassinato (latrocínio) do casal Jesuíno Cordeiro Mendes e Maria da Graça Cordeiro Mendes – pais do deputado federal Cléber Verde, crime praticado em 14 de julho de 2020, na residência das vítimas, na zona rural do município de Turiaçu.

O juiz Gabriel Almeida de Caldas, titular da comarca, decidiu, conforme os atos praticados por cada um dos envolvidos no crime, pela condenação do ajudante de pedreiro Daniel Paiva a 66 anos, dois meses e 14 dias de reclusão; do pescador Eliselson Cardoso Paiva (“Beiço”) a 41 anos, seis meses e 20 dias de reclusão e do lavrador Jeferson Silva da Costa (“Nhonhongo”) a 41 anos, seis meses e 20 dias de reclusão.

O acusado José Fernando Ferreira Nascimento (“Elétrico”), que deu carona a um dos acusados até um local próximo da fazenda, foi absolvido por falta de provas de seu conhecimento e participação no crime, conforme parecer do Ministério Público. Já Fábio da Conceição Cardoso (“Fabinho”) apontado como o mandante, foi morto “em confronto com a polícia”, segundo os autos.

O CRIME

O crime aconteceu no dia 14 de julho de 2020, às 14h, na fazenda no Povoado Limão, zona rural do Município de Turiaçu, quando oa cusados roubaram dois revólveres, três espingardas, um relógio, uma pulseira, dois celulares e R$ 4.000 e mataram os dois idosos, com o uso de arma e punhal.

Em outro processo, mais três pessoas foram envolvidas no crime: um suposto menor, que ficou na função de vigia no local do crime e outros dois com menoridade comprovada, que aguardavam em uma canoa no rio que passa na fazenda, onde receberam os objetos roubados no crime.

A  DENÚNCIA

Na denúncia, recebida em 15 de setembro de 2020, o Ministério Público atribuiu aos condenados a prática dois crimes  cometidos na forma do artigo 157 (roubo mediante violência), parágrafo terceiro, combinado com o artigo 70 (prática de dois ou mais crimes), do Código Penal e, ainda,  “corrupção de menores”,  de acordo com o artigo 244-B, da Lei nº 8.069/90 – Estatuto da Criança e do Adolescente.

As provas anexadas ao inquérito policial incluíram exames cadavéricos, documentos de apreensão de arma, munição, objetos e parte do dinheiro roubados das vítimas, além de depoimentos de seis testemunhas de acusação e a confissão de réus.

Na sentença, o juiz de Turiaçu recomendou aos Paiva o cumprimento da pena na Unidade Prisional de São Luís e a Costa, no presídio Regional de Pinheiro.

Fonte: John Cutrim

POR IRREGULARIDADES EM LICITAÇÃO, EX-PREFEITA DE CAJARI TEM BENS BLOQUEADOS

Após o Ministério Público do Estado do Maranhão ter ingressado com uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra a ex-prefeita do município de Cajari, Camyla Jansen Pereira, a juíza Odete Maria Pessoa Mota Trovão determinou a indisponibilidade da ex-gestora no valor de R$ 812.500,17 (oitocentos e doze mil e quinhentos reais e dezessete centavos), para garantir o ressarcimento dos danos causados ao Município.

Camyla e a empresa W. DE LA. V. NUNES – EIRELI – EPP realizaram contratações mediante realização irregular de procedimentos licitatórios, que, segundo a juíza, apresentaram indícios de ‘montagem’ no processo.

 

Fonte: Minard

O IMPORTANTE PROJETO DE SOCORRO WAQUIM CONTRA A COVID-19, LEIA E SAIBA MAIS..

A Deputada Estadual Prof. Socorro Waquim, Ex-Prefeita de Timon/MA, apresentou no dia 20 de Maio, o Projeto de Lei Estadual, n° 281/2021, no qual estabelece a prioridade para grávidas, lactantes e puérperas sem comorbidades, no Plano Estadual de Imunização contra a COVID-19 do Estado do Maranhão.

O projeto, agora seguirá para a votação da casa nas comissões e no plenário, e será de grande importância no Estado. O Piauí, já possui legislação parecida, onde incluiu as gestantes, puérperas e lactantes.

Se aprovado, o Projeto será uma conquista para a Saúde do Estado do Maranhão, e sobretudo para as mulheres de nosso Estado.

A Deputada Socorro, vêm se destacando na Assembléia Legislativa, por pautas que incluem muitos projetos sociais, sobretudo este que foi objeto da matéria.

 

EM PERITORÓ, JOVEM DE 18 ANOS É FLAGRADO PELA PRF SEM CNH E COM CIGARRO DE MACONHA

Por volta das 18h desta  terça-feira ( 08), no km 423 da BR 316, no município de Peritoró/MA, uma equipe PRF abordou um veículo M.Benz/L 1218 El, cor vermelha, conduzido por um jovem de 18 anos, não habilitado e portando um cigarro de maconha.

Ao consultar os sistemas constatou-se que o jovem não era habilitado e que, em 14 de maio deste ano, na cidade de Canapi-AL, o mesmo foi abordado pela PRF nas mesmas condições e portando 3 comprimidos de anfetamina/nobésio.

Diante de tais informações, a equipe procedeu a busca veicular e encontrou um cigarro de maconha no porta luvas do veículo, oportunidade em que confirmou que era de sua propriedade e que fazia o uso da substância nos momentos de folga. No decorrer das atividades policiais, procedeu-se a apreensão de 0.2g de Maconha.

Diante das informações obtidas foi constatada, a princípio, ocorrência de porte de droga para consumo.

O veículo foi liberado para condutor habilitado. Foram confeccionados os autos de infração de trânsito devidos.

A equipe confeccionou um TCO em desfavor do autor.

Enquadramento: porte de droga para consumo.

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ

EM RESPOSTA AO PDT, PEDRO NERES DIZ QUE NÃO EXISTE RACHA ENTRE ELE E BINÉ

O texto abaixo foi encaminhado ao BLOG DO DE SÁ após  uma postagem que fizemos  sobre uma nota enviada a imprensa pelo PDT. Veja abaixo o que diz o jovem codoense e pré-candidato a deputado estadual, Pedro Neres.

Prezado jornalista Leandro de Sá, tenho muito respeito e admiração pela imprensa livre. Em resposta à  postagem publicada em veículos de comunicação eletrônica, venho a público lhe dizer que o GRUPÃO caminha unido e fazendo as mudanças que o nosso povo precisa. Não existe racha, nem briga entre nós. Estamos mais unidos do que nunca e incumbidos no único propósito de trabalhar por Codó.

Não existe uma candidatura formada nesse momento por mim, não é hora de politicagem, é hora de trabalhar pelo povo de Codó e isso que estamos fazendo pelo compromisso moral com a sociedade codoense que nos deram mais de 28 mil votos de confiança. O grupo NOVAS IDEIAS é a união de homens e mulheres trabalhadores que está nas ruas e nos povoados, ouvindo as pessoas, promovendo o diálogo e o bom debate  junto à sociedade. Nós estamos na luta para auxiliar a gestão do prefeito Dr. Zé Francisco.

Todos da gestão Cidade de Todos trabalham com um só objetivo: fazer as mudanças que a cidade pleiteia há décadas, e isso está acontecendo. O governo agora que começou andar, se livrando dos 12 anos de atrasos deixados por seus idolatrados. 

Agora é hora de união, de trabalho sério para combater a pandemia e focar nas transformações que o nosso povo tanto necessita. Essa tal nota do Diretório Municipal do PDT do nosso saudoso Leonel de Moura Brizola e de Jackson Lago (partido o qual tenho um profundo respeito), que devem estar se debatendo em seu túmulo, pois sua política nunca esteve tão mal representada, como agora com Francisco nagib no quadro do seu partido, é certamente fruto de quem quer ver a discórdia e o atraso em nosso meio, mas isso você já sabe que foi varrido nas últimas eleições”. 

Forte abraço do amigo,

PEDRO NERES !

HOMEM É PRESO EM JOÃO LISBOA POR MANTER ADOLESCENTE E CRIANÇAS EM CÁRCERE PRIVADO

Policiais Militares do Destacamento de João Lisboa, comandado pelo Sargento Osvaldino, prendeu um indivíduo na zona rural de João Lisboa, povoado Cipó Cortado, por manter uma adolescente de 16 anos em cárcere privado, e dois filhos por maus tratos. O preso tinha pego a adolescente com 13 anos na cidade de João Lisboa, nesses três anos vivendo maritalmente com a garota, já tendo dois filhos e nunca tinha levado a adolescente e nem os filhos na casa dos familiares.
Os policiais Militares foram até à residência acompanhados do Concelho Tutelar de João Lisboa e os país da adolescentes, lá constataram às denúncias, o homem foi conduzido até à Delegacia Regional de Imperatriz onde foi autuado em flagrante por cárcere privado é maus tratos, as duas crianças estavam com problemas de saúde.
O flagrante foi feito na tarde de terça-feira pelo Delegado Dr. Jackson, ontem mesmo ele foi encaminhado para Unidade Prisional de Imperatriz onde ficará a disposição da Justiça.
Texto enviado ao BLOG DO  DE SÁ