EM BOM JARDIM, EX-PREFEITA É CONDENADA A PRISÃO POR FRAUDE EM LICITAÇÃO

Como resultado de Denúncia oferecida em 2018 pelo Ministério Público do Maranhão (MPMA), a Justiça condenou, a ex-prefeita de Bom Jardim, Malrinete dos Santos Matos (mais conhecida como Malrinete Gralhada), devido a irregularidades em contratos firmados em 2015 para limpeza pública no município. Também foram condenados os empresários Marlon Mendes, Francinete Marques e Mariana Quixaba.

Proferiu a sentença o juiz Bruno Barbosa Pinheiro. Formulou a Denúncia o promotor de Justiça Fábio Santos de Oliveira.

Segundo o representante do MPMA, foi realizada dispensa de licitação ilegal sem autorização dos vereadores. Foi firmado, ainda, contrato fraudulento entre a Prefeitura de Bom Jardim e a empresa Itamaraty LTDA, sediada em Altamira do Maranhão.

A empresa era registrada em nome de Mariana Quixaba e Francinete Marques, mas administrada, de fato, por Marlon Mendes, que é irmão de Marconi Mendes, à época vereador da base aliada de Malrinete Gralhada.

Os réus (empresários) receberam R$ 318,4 mil dos cofres municipais, sem realizar procedimento licitatório, para prestação de serviços de limpeza pública pelo período de apenas dois meses”, resume o promotor de Justiça.

Decreto Emergencial

Em junho de 2015, Malrinete Gralhada publicou o decreto emergencial nº 06/2015 e, por meio do documento, foram suspensos todos os contratos celebrados pela gestão anterior e concedidos a Malrinete poderes para contratar diretamente, sem licitação, bens e serviços, pelo prazo de 110 dias, até o dia 31 de dezembro de 2015.

Com base no decreto, foi publicada a dispensa de licitação nº 12/2015, que continha diversas irregularidades, entre elas, falta de informação do saldo da dotação orçamentária, não obediência ao prazo de publicação na imprensa oficial e ausência do comprovante de empenho.

No dia 13 de novembro daquele ano, a Prefeitura de Bom Jardim publicou extrato de contrato celebrado 10 dias antes com a Itamaraty para execução de serviços de limpeza pública, pelo prazo de 2 meses pelo valor de R$ 318,4 mil.

Malrinete Gralhada também realizou, em 12 dias corridos, um pregão presencial com o objetivo de contratar a empresa Itamaraty para um contrato anual. O aviso de licitação foi publicado no dia 11 de dezembro de 2015. A sessão presencial ocorreria no dia 23 de dezembro daquele ano, período em que todos servidores do município de Bom Jardim estavam de recesso.

Além disso, o representante de uma empresa interessada em participar do pregão foi a Bom Jardim em quatro ocasiões para obter o edital da referida licitação, porém, em nenhuma das vezes conseguiu, sempre sendo informado que a Prefeitura estava em recesso.

A empresa Itamaraty sagrou-se vencedora de um pregão presencial, do qual participou como única concorrente, e celebrou um contrato de R$ 2.459.699,45, pela prestação de serviços por 12 meses, o que equivale, aproximadamente, a R$ 204.975,00 por mês“, relatou o MPMA na Denúncia.

Empresa

Diversos vereadores foram à cidade de Altamira verificar o suposto endereço da empresa Itamaraty e constataram que se tratava de uma casa residencial normal, onde não funcionava nenhuma empresa. A Itamaraty teria sido transferida por Francinete Marques e Mariana Quixaba a Marlon Mendes pelo valor de R$ 2 milhões.

Os vereadores também verificaram que Marlon, que não tinha bens em nome dele capazes de bancar a compra de parte da empresa Itamaraty pelo valor cobrado.

Outra constatação foi a de que a Itamaraty sempre foi de propriedade do Marlon e ele era responsável pelas tratativas referentes à empresa.

Condenações

As rés Malrinete Gralhada, Francinete Marques e Mariana Quixaba foram condenadas por dispensa ilegal de licitação e fraude em procedimento licitatório. Marlon Mendes, por sua vez, foi condenado por falsidade ideológica.

As penas são seis anos de detenção e pagamento de 194 dias-multa (Malrinete Gralhada), cinco anos de detenção e pagamento de 20 dias-multa (Francinete Marques e Mariana Quixaba) e três anos de detenção e ao pagamento de 10 dias-multa (Marlon Mendes).

APÓS ENFRETAR A POLÍCIA, QUATRO JOVENS MORREM EM TURILÂNDIA

Na noite de terça-feira (13), quatro jovens foram mortos durante um confronto com a polícia na cidade de Turilândia, a cerca de 164 km de São Luís. Segundo a polícia, o grupo fazia parte de uma organização criminosa e foi encontrado cometendo um assalto contra um caminhoneiro na região.

De acordo com os policiais que perseguiram os jovens, o grupo realizou diversos disparos contra a guarnição e um dos tiros chegou a atingir o colete a prova de balas de um policial. Na troca de tiros, os quatro jovens foram alvejados e morreram no hospital.

Com o grupo, a polícia apreendeu um revólver calibre .38, com duas munições intactas e três deflagradas; um revólver calibre .38 com uma munição intacta e três deflagradas; uma arma de fabricação caseira calibre .38, com uma munição deflagrada; um rifle calibre .22, sem munição e sem carregador.

O material foi apresentado na Delegacia Regional de Pinheiro.

 G1MA

EM PIRAPEMAS, PACIENTES DO TFD DENUNCIAM CALOR “INFERNAL” NA VAN QUE FAZ O TRANSPORTE

Moradores da cidade de Pirapemas que fazem o TFD (Tratamento Fora do Domicílio), estão reclamando da situação em que se encontra a VAN que faz o transporte deles até a capital São Luís, toda semana.

Observem o sufoco que é viajar na van. Ela já está há mais de uma semana que danificou o ar condicionado, transportando pessoas, com o veículo lotado; mesmo com máscara, mas sem distanciamento; e ainda, pessoas que fazem hemodiálise, que não podem ficar em tumultos, sendo todos encaminhados no mesmo veículo” disse um usuário ao BLOG DO DE SÁ.

USANDO O VEÍCULO PARA OUTROS FINS.

Os usuários denunciam também que a prefeitura, que é a responsável pela VAN, está usando o transporte para outros fins. “Outra coisa absurda, é saber, que estão se aproveitando do veículo, para levar e trazer também pessoas oportunistas” disse o denunciante sem explicar quais são e quem são esses oportunistas.

O BLOG DO DE SÁ coloca-se a disposição da prefeitura para quaisquer esclarecimentos sobre esta postagem.

                                                               ASSISTA AOS VÍDEOS ABAIXO:

FERNANDO PESSOA BATE RECORDE COM APROVAÇÃO DE 84%, EM TUNTUM

Pesquisa exclusiva, encomendada pelo Portal Notícias do Maranhão, realizada pelo Instituto Qualitativa, mostra que 84,60% da população de Tuntum aprova a forma como o prefeito Fernando Pessoa (SD) vem conduzindo os primeiros meses de sua administração pública municipal. Devidamente registrado, o estudo científico ouviu mil pessoas entre os dias 11 e 12 de abril, na cidade de 43 mil habitantes.

A aprovação recorde revela o impacto positivo das ações coordenadas por Fernando e projetam a força do prefeito na construção do diálogo político para formação de estratégias estaduais para 2022, assim como ocorreu nos bastidores da eleição para presidência da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

Trata-se de um dos maiores índices de todos os tempos no Estado. A pesquisa mostra que Fernando Pessoa adquire avaliação consistente até mesmo sob a ótica de adversários políticos, por conta do trabalho realizado pelas secretarias de setores considerados primordiais na prestação de serviços à sociedade (Veja no quadro abaixo).

 

PREFEITURA DE PRESIDENTE DUTRA AUTORIZA REFORMA DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE

Prefeito Municipal, Raimundinho da Audiolar, visitou as UBS da Palma e do Povoado Calumbi e, pela tarde, visitou a Mãe Tonha, que agora ficará em prédio próprio, em frente ao cemitério do Centro, assim como a UBS Raimundo Barros, no bairro de Fátima, e a UBS João Francalino de Carvalho, no bairro Angelim.

O Prefeito ressaltou a importância das reformas para um atendimento digno e de qualidade ao povo de Presidente Dutra.

O Secretário de Saúde, Ricardo Lucena, disse: “é muito importante termos um Prefeito como Raimundinho da Audiolar, que tem uma visão de gestor. A autorização de reforma de todas as UBS vai trazer, sem dúvidas, mais qualidade de vida para nossos munícipes”.

Na oportunidade, estiveram ainda o Secretário de Infraestrutura Silvio Emílio, os assessores executivos, Pablo Amodeo e Célio Sereno.

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ

EM TIMBIRAS, VEREADOR ALIADO DO PREFEITO NÃO VÊ TRANSPARÊNCIA NA APLICAÇÃO DA VACINA

O vereador professor Junão  (AVANTE) esteve na última sessão da Câmara de Vereadores da cidade de Timbiras, cobrando da gestão que ele faz parte transparência na vacina do covid-19 no município. O vereador que tem um pensamento diferente diante de muitos que fazem parte do governo, que vivem apenas a balançar a cabeça como carambolo. O parlamentar mostrou que tanto faz estar com o prefeito, como não, e que vai sim cobrar do governo municipal as ações. “Vamos continuar cobrando da secretaria de saúde a transparência em relação ao covid 19, principalmente a questão da vacinação” disse ele
O vereador continuou seu discurso e disse que suas cobranças são necessárias porque ele não tem dever com secretário nenhum. “Eu não tenho dever com secretário nenhum, eu não tenho dever com secretária nenhuma, eu fui eleito para representar o povo dessa cidade e ninguém  vai me censurar, ninguém vai me calar quando houver esse tipo de coisa” completou o edil.
                                                                   OUÇA O ÁUDIO ABAIXO:

EX-VEREADOR DE CODÓ, IDELFONSO BARROS, É IMUNIZADO COM A DOSE DA VACINA

Quem esteve tomando a primeira dose da vacina contra o Coronavírus foi o ex-vereador de Codó, Idelfonso Barros. Idelfonso foi fotografado quando tomava a dose da vacina e podemos perceber sua alegria nesse momento tão importante. O ex-vereador é uma das melhores pessoas de Codó e prestou um relevante serviço  quando foi parlamentar. O BLOG DO DE SÁ não poderia deixar de registrar esse momento.

 

VIRANDO “CASA DE MÃE JOANA” ALIADOS DE RAIMUNDINHO COMEÇAM A PEDIR PARA SAIR

Falta de aviso não foi, e os avisos da época já começam a aparecer com mais frequência no passar dos dias da gestão desastrosa de Raimundinho da Audiolar em Presidente Dutra. Sem noção alguma de suas atitudes com seus aliados de longas datas, Raimundinho age como urubu em carniça quando o assunto é perseguir seus próprios aliados. Insatisfeito com a forma que vinha sendo tratado pelo governo e sem condições alguma de trabalho, o diretor de comunicação da prefeitura, jornalista Denys Mendes, resolveu pedir exoneração.

O QUE HOUVE

Denys Mendes foi uma das pessoas que sempre acreditou no então candidato Raimundinho da Audiolar. Fez o trabalho de formiguinha, acordando cedo e dormindo tarde. Ao iniciar o governo, Denys Mendes foi nomeado como diretor de departamento de comunicação, porém sem estrutura alguma para fazer os registros “das ações do governo”. Insatisfeito com isso, Denys Mendes conversou várias vezes com o prefeito, que fazia ouvido de mercador. Então, há mais de um mês resolveu pedir exoneração por conta da inércia de Raimundinho da Audiolar. “Ele nunca deu atenção quando falávamos com ele, sempre dava ouvido de mercador, após se eleger o homem ficou diferente” disse Denys agora pela manhã ao BLOG DO DE SÁ.

O QUE DIZEM OS ALIADOS

Quem se manifesta são aliados sobre a exoneração de Denys Mendes. O prefeito que era para se posicionar, não por se tratar de uma exoneração de um cargo de confiança, mas por se tratar de uma pessoa próxima dele que sempre foi leal. Raimundinho não diz nada e quando algum aliado diz algo ainda é tentando desmerecer o jornalista Denys Mendes. “Ele não queira trabalhar, por isso a exoneração” argumento pífio de quem não sabe a trajetória do jornalista com o atual prefeito.

GOVERNDO PERDIDO E CHEIO DE FOFOCAS.  

Como o BLOG DO DE SÁ sempre diz, Raimundinho da Audiolar quer administrar a prefeitura como uma extensão de suas empresas.  Existem muitos comentários em Presidente Dutra sobre a forma de administrar do atual gestor. Raimundinho não consegue gerir o governo que vive a se meter em confusão. Recentemente, o secretário de agricultura e seu adjunto foram às tapas. O irmão do prefeito vive de leva e trás, a advogada Yara Macêdo que ninguém se é secretária ou advogada do governo, e assim segue um governo perdido, que tem mais cacique do que índio, sem rumo e sem um prefeito com o mínimo de massa encefálica para pensar como gente. Presidente Dutra é uma cidade grande e caso Raimundinho da Audiolar não se encontre com a forma correta de administrar vai sentir com “quantos paus se faz uma canoa” nos próximos meses. Pelo visto já começou a sentir e a cada dia é fazendo asneira por cima de asneira, e ainda tem gente que aparece para aplaudir.