TRAGÉDIA ENTRE CAXIAS E TIMON: GRAVE ACIDENTE DEIXA DUAS PESSOAS MORTAS

Um grave acidente envolvendo um veículo de passeio modelo Siena e uma carreta deixou duas pessoas mortas na manhã desta sexta-feira (15/01), na BR-316 próximo ao povoado Carnaúba de Pedra, zona rural de Timon, no Maranhão. 

Segundo informações preliminares, as vítimas trafegavam pela rodovia em um Siena, preto, de placa PIE 7644 de Senador Alexandre Costa, quando o motorista invadiu a faixa contrária e colidiu frontalmente com a carreta. 

Devido ao forte impacto da colisão, o veículo de passeio ficou com a frente completamente  destruída.

A Polícia Rodoviária Federal do Maranhão e o Instituto de Medicina Legal – IML foram acionados e estiveram no local para realização dos procedimentos cabíveis. Até o momento as vítimas não tiveram as identidades reveladas.

Fonte: Meio Norte

PROMOTORIA PEDE BLOQUEIO DE BENS DE DESEMBARGADORA DO MA POR FRAUDE EM CARTÓRIO DE CAXIAS

Nelma Sarney, desembargadora

O Ministério Público pediu o bloqueio de bens da desembargadora do Tribunal de Justiça do Maranhão, Nelma Sarney, por enriquecimento ilícito, dano ao erário, improbidade administrativa e violação dos princípios administrativos.

O pedido foi ajuizado por meio da Ação Civil Pública protocolizada na 1ª Vara Cível de Caxias e motivado por fraudes e desvios de verbas no Cartório do 1º Ofício da cidade.

O Parquet também arrolou nos autos o advogado e ex-candidato a prefeito de Paço do Lumiar, Fred Campos; o juiz de Direito de Caxias, Sidarta Guatama; a interina do cartório do 3º Ofício Extrajudicial de Caxias, Delfina do Carmo Teixeira de Abreu; juíza Oriana Gomes, Celerita Dinorah Soares de Carvalho Silva, Teocledes Francis Furtado Martins, Anunciação de Maria Teixeira de Abreu, Alisson de Abreu Almeira, Delson Fernando Costa Leite Torres, Jovan César Rodrigues de Souza, Alba de Sousa Henrique, Joanice Rocha Reis, Lia Pinheiro Hortêncio Silva, Venilza Meireles, Flávio Henrique Silva Campos.

Segundo o MP, a investigação se refere ao período no qual a desembargadora Nelma Sarney ocupava o cargo de Corregedora de Justiça do TJMA. Nessa época, a magistrada designou Delfina de Abreu para assumir a interinidade do Cartório do 1º Ofício de Caxias após afastar Alba Tânia Fiúza da função.

O documento diz ainda que Delfina já estava à frente do Cartório do 3º Ofício de Caxias depois que o seu pai faleceu. No dia 5 de junho de 2014, a interina ingressou com Ação Ordinária perante a 1ª Vara da Comarca de Caxias demandando o reconhecimento de sua estabilidade frente à referida serventia.

E no dia 11 de julho de 2014, o Juiz Sidarta Guatama Farias Maranhão deferiu pedido liminar de maneira absurdamente ágil.

“Observe-se que a Sra. DELFINA se manteve no exercício das atividades notariais junto ao 3º Ofício de Caxias, por uma decisão precária, flagrantemente inconstitucional e impossivelmente célere. Aliás, válido lembrar-se de que ela já estava há vinte e três anos na aludida serventia, sem que houvesse, naquele instante, fato novo que demandasse tamanha urgência por parte do magistrado de primeiro grau!”, ressaltou a ACP.

Assim que assumiu o comando do Cartório, a Delfina iniciou uma série de contratações fraudulentas com autorização de Nelma Sarney, segundo o Ministério Público, como de advogado, de empresa prestadora de serviços de informática, de serviços de limpeza e manutenção predial, de empresa de segurança desarmada, de serviços gráficos, etc.

“O problema é que, como se verá, a douta Desembargadora- Corregedora não palmilhou o caminho do zelo para com o erário, passando a autorizar uma sucessão de despesas visivelmente suspeitas, sem lastro fático e até mesmo sem documentação com validade fiscal”, frisou o MP.

O documento revela ainda que todas as despesas com valores acima de R$ 8 mil, foram autorizadas pela Corregedoria Estadual, quando gerida pela Desembargadora, que nem sequer teve a cautela de
exigir o detalhamento dos serviços, deixando, inclusive, de exigir notas fiscais e de averiguar a real necessidade das demandas.

Em depoimento na Promotoria de Justiça de Timon, Delfina não soube afirmar como se deram as contratações dos “serviços”, assim como não soube explicar como contratou algumas empresas e não juntou as respectivas notas fiscais.

Para todas essas irregularidades, a interina limitou-se a declarar que contratou, mas sempre com autorização da ex-Corregedora do Tribunal de Justiça, que, amparou suas decisões em manifestações tanto da Juíza Auxiliar Oriana Gomes como da ex-Diretora do FERJ, a Celerita Dinorah.

Ao final da Ação Civil, os promotores de justiça, Francisco Filho, Helder Bezerra e Gustavo Silva pediram a condenação da desembargadora juntamente com os demais envolvidos no caso, o bloqueio de bens, suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos anos, o ressarcimento e a perda da função pública.

Leia aqui a ACP

OPORTUNIDADE: POLÍCIA FEDERAL DIVULGA EDITAL DE CONCURSO COM 1.500 CAGAS

O período de inscrições começa em 22 de janeiro e vai até o dia 9 de fevereiro, com taxas entre R$ 150 e R$ 250, a depender do cargo escolhido. Os salários iniciais variam de R$ 12 mil a R$ 23 mil.

AS VAGAS PARA:

123 vagas de delegado400 vagas de escrivão84 vagas de papiloscopista893 vagas de agente

Além das provas objetivas e discursivas, a seleção conta com:

exame de aptidão física avaliação médica e psicológica prova oral e prova de digitação para os cargos de delegado e escrivão, respectivamente avaliação de título investigação social

Os candidatos que passarem por todas as etapas serão convocados para o curso de formação, realizado no período de 10 semanas na Academia Nacional de Polícia, em Brasília.

Segundo o edital, os aprovados na seleção vão ingressar na academia ainda em agosto de 2021. O provimento de cargos deve ocorrer até 31 de dezembro. A estimativa é que no fim do processo, a PF conte com “o maior efetivo de sua história”, podendo ultrapassar a marca de 12 mil policiais.

COTAS RACIAIS

Uma mudança no novo edital é a possibilidade de o candidato, que optar pela concorrência por meio de cotas raciais, ser aprovado na prova objetiva e discursiva, mas desclassificado na banca, por não atender ao requisito racial.

Nesse caso, o estudante poderá migrar para as vagas de ampla concorrência.

Antes, se o candidato não fosse considerado negro, ele era eliminado do concurso, independentemente da nota alcançada na prova.

PRESO PELA POLÍCIA ACUSADO DE SEQUESTRAR FUNCIONÁRIO DO BANCO DO BRASIL DE CODÓ

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais – SEIC (Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras – DCRIF), cumpriu, na tarde de quarta-feira (13.01.21), Mandados de Prisão Temporária expedidos pela comarca 1ª Vara Criminal de São Luís-MA, em desfavor de dois indivíduos de iniciais F.L.J e F.S.C, vulgo “IRMÃO”, investigados por suspeita de participação na Extorsão mediante Sequestro contra funcionário do Banco do Brasil S/A de Codó-MA, em 17.11.2020, ocasião em que os bandidos chegaram a amarrar um explosivo na cintura da vítima.

F.L.J foi capturado por equipes da SEIC em novembro de 2020, em Flagrante Delito por Uso de Documento Falso e em cumprimento a Mandado de Prisão Definitiva expedido pelo Poder Judiciário do Estado do Ceará.

Já F.S.C, vulgo “IRMÃO”, foi capturado por equipes da SEIC em Teresina-PI, em cumprimento ao Mandado de Prisão Temporária expedido pela 1ª Vara Criminal de São Luís-MA.

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ

APÓS CUMPRIR MANDADO DE PRISÃO, POLÍCIA DE CODÓ MANDA “PELEGO” PARA CADEIA

Durante rondas da equipe da PM de Codó, foi identificado que o conduzido: Marcos Vinicius da Silva Conceição (PELEGO), possuía mandado de prisão em aberto com N° de mandado (0000174-24.2018.8.10.0034.01.0006-23) pelo crime previsto no artº 157, §2°, do Código Penal  (Roubo), com o apoio da equipe Base foi feito o cerco nas imediações de sua residência localizada na Rua Walter Zaidan, Santo Antônio. O conduzido foi apresentado na delegacia pela equipe da base comandada pelo sargento Medeiros, e pela equipe do Serviço De Inteligência do 17°BPM para serem tomadas as devidas providências.

Objetos apreendidos: 01 aparelho celular Samsung na cor vermelha. Não vamos mostrar a imagem de (PELEGO) por completa por conta da lei de ABUSO DE AUTORIDADE.

 

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ

CADEIA NELE: POLICIAIS DA FT PRENDEM ACUSADO DE ASSALTO EM CODÓ

Durante rondas a guarnição foi abordada pela vitima que informou que havia sido assaltada pelo conduzido na madrugada do dia 14/01/2021 por volta de 00h: 30min e que o mesmo levou um aparelho celular e uma quantia de 800 reais, o acusado utilizou uma arma branca (faca) para o cometimento do crime. Por meio de uma testemunha a guarnição encontrou o acusado na data de ontem (14/01/2021)  por volta de 09:20 da manhã, próximo de sua residência localizada na Rua São Sebastião n° 1899. O conduzido foi apresentado na delegacia onde serão tomadas as devidas providências o mesmo apresentava duas lesões , que segundo ele foram causadas pelo individuo chamado Frank. O acusado já tem várias passagens pela polícia de Codó por vários crimes, dentre eles, assalto, furto, roubo e outros. José Nauro Santos Barndão, 26 anos, foi preso na Travessa Rio Grande do Norte pelos policias da FT, Frazão, Soares e Cabo Dias. OBS: não estamos mostrando a foto dele por completa por conta da lei de ABUSO DE AUTORIDADE:

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ

POLÍCIA CIVIL DE COROATÁ PRENDE INTEGRANTE DE FACÇÃO ACUSADO DE HOMICÍDIO

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Polícia Civil de Coroatá-MA, realizou na data de ontem (14/01/2021), cumprimento de Mandado de Prisão Temporária em desfavor de Antonio Lucas de Oliveira Lopes (vulgo “Lukinha” ) pelo crime de homicídio duplamente qualificado, crime ocorrido no dia 10/01/2021, tendo com vítima o nacional Valdemir de Sousa (vulgo “DIMIRO”), crime cometido em concurso de pessoas com outro indivíduo já identificado pela Polícia Civil e que se encontra foragido. Os dois autores do crime tem envolvimento com facção criminosa na região. O indivíduo ficará a disposição da justiça, enquanto as investigações continuaram visando a prisão do outro envolvido.

Texto enviado ao BLOG DO DE SÁ.