ASSIM COMO OS OUTROS, GOVERNO ATUAL DE CODÓ É SUBSERVIENTE E INCAPAZ

Os moradores da região do Codó Novo e adjacências voltaram a sofrer com a fumaça do lixão, um problema crônico de Codó que persiste mesmo após a instituição da Lei dos Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/2010).

De acordo com os moradores, são vários os prejuízos ocasionados pela fumaça do lixão, que vão desde financeiros até problemas de saúde (complicações respiratórias).

No início de 2021, a gestão do prefeito Zé Francisco esteve no local e prometeu soluções para o problema, porém nada mudou em quase dois anos.

Pior do que isso é saber que a Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SEMMA custa quase R$ 40 mil mensais aos pagadores de impostos.

Onerosa e improdutiva, a pasta comandada por Nicole Veras, noiva do filho do prefeito Zé Francisco, permanece inerte diante dos problemas ambientais de Codó, principalmente em relação ao lixão.

Resta saber até quando durará o silêncio dos membros do Conselho Municipal de Meio Ambiente e da Câmara Municipal de Codó.

Fonte: Diário Codoense

BRANDÃO TERÁ DIFICULDADE PARA ORGANIZAR A “BAGUNÇA POLÍTICA” DE CODÓ

Neste domingo (07), o governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), visitou o município de Codó.

Cercado por políticos locais e cabos eleitorais, Brandão visitou o Mercado Municipal, bem como a 48ª Exposição Agropecuária da cidade.

A visita de Brandão serviu para comprovar sua baixa popularidade em Codó. Mesmo contando com o apoio de três ex-prefeitos, do atual gestor e a maioria dos vereadores, Brandão não sentiu o calor do povo codoense.

Diferente do visto em Turiaçu, Santa Helena e Pinheiro, no sábado (06), a comitiva de Brandão viu de tudo e um pouco em Codó, menos os eleitores.

A ausência dos aliados políticos de Caxias, Timbiras e Coroatá também foi notada pela comitiva do governador.

Com certeza a equipe de Brandão terá muito trabalho para organizar a bagunça política em Codó.

EM COROATÁ, GAECO INVESTIGARÁ MOVIMENTAÇÕES SUSPEITAS COM DINHEIRO PÚBLICO

O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotora de Justiça Aline Albuquerque Bastos, converteu a Notícia de Fato nº 037300-750/2021 em Procedimento Investigatório Criminal (PIC-MP), haja vista a necessidade de continuidade das investigações sobre movimentações financeiras suspeitas, com dinheiro público, em Coroatá.

Tendo o GAECO – Grupo de Atuação Especial de Combate as Organizações Criminosas como requerente, o prazo para conclusão do PIC-MP será de 90 (noventa) dias.

FONTE: Diário Codoense 

ESPORTE E SAÚDE: ATLETAS DE CODÓ SE DESTACAM EM COMPETIÇÃO EM TIANGUÁ

Um grupo de atletas de Codó, mais precisamente os corredores de rua, estiveram na cidade de Tianguá participando de uma grande competição. O percurso aconteceu no Sítio do Bosco, com percursos de 10, 25 e 45 KMs. O evento contou também com corredores de Caxias, Bacabal e Zé Doca. “Pra gente é muito gratificante, o esporte nos traz bem estar, saúde e muitas coisas boas. Todos os atletas estão de parabéns, mas os de Codó sempre se saem bem nas competições” disse Sidney Freitas que ficou em 3° lugar e faz parte da organização.

 

WEVERTON DIZ QUE FLÁVIO DINO NÃO QUERIA UM NOVO LÍDER, E SIM UMA MARIONETE

Em entrevista a sabatina do grupo Mirante, o candidato ao governo do Maranhão, Weverton Rocha (PDT), criticou fortemente o ex-governador Flávio Dino (PSB) e disse que o grupo governista queria uma “marionete” para comandar o Estado.

Questionado se não seria contraditório ser oposição, uma vez que participou diretamente ou indiretamente por 7 anos e meio da gestão estadual, o pedetista garantiu que não e afirmou que alianças não são um cheque em branco.

Weverton disse ainda que já vinha discordando do governo desde as eleições municipais quando apoiou Eduardo Braide para prefeito de São Luís no segundo turno e revelou que sofreu retaliações em razão disso.

“Em nenhuma aliança você dar cheque em branco que você é obrigado a todo tempo concordar e abaixar a cabeça, eu já venho discordando do grupo que eu fazia parte desde a eleição municipal, quando nós decidimos apoiar o [Eduardo] Braide para prefeito no segundo turno, ali já houve retaliações e já não houve mais sintonia, já estava clareado a falta de sintonia” frisou.

E completou: “Agora nessa decisão que houve também ficou muito claro para mim: o grupo que eu fazia parte não queria um novo líder, eles queriam uma marionete, e eu não sou marionete, então isso me dá a condição de independência como eu sempre tive de me manter onde sempre estive.”

Na entrevista, Weverton expôs contradição de Flávio Dino ao dizer que era adversário do grupo Sarney para se eleger nas eleições anteriores e agora se alia aos opositores.

“Se você for ver, eu não saí de lugar nenhum, eu continuo no mesmo lugar, PDT a vida toda, o meu lado foi a vida toda. Eu não fiz campanha dizendo que o maior adversário do Maranhão era o grupo Sarney e agora eu me aliei a ele, por exemplo. Não! Eu mantive aqui na mesma linha, as mesmas convicções, que é o diálogo com a população do Maranhão. Quem saiu daqui não foi eu.”

O candidato pelo PDT foi questionado se teria sido diferente caso o ex-governador tivesse o escolhido. Para ele, sim, pois o ex-governador aprenderia a ouvir e admitir que a sua gestão tinha erros que precisavam ser corrigidos.

“Seria para ele. Porque ele estaria aprendendo a ouvir e admitir que tinha erros que precisam ser corrigidos. Se você não tem a capacidade de admitir que está errado em determinadas ações e que precisam ser melhoradas, como é que você vai pedir para o seu Estado ser melhor e também para você ser melhor?”

Fonte: Neto Ferreira

GAECO OFERECE DENÚNCIA CONTRA EX-PREFEITO DE LAGO DO JUNCO POR DESVIO DE R$ 10 MILHÕES

O Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão ofereceu denúncia contra o ex-prefeito de Lago do Junco/MA, Osmar Fonseca dos Santos e outras 11 pessoas, dentre elas os filhos do ex-prefeito, empresários e servidores da prefeitura. Os denunciados integravam organização criminosa atuante para desviar verbas públicas por meio de certames licitatórios fraudulentos. Ao final, o dinheiro ilícito obtido era lavado na compra de veículos de luxo e compra de gados, beneficiando o ex-prefeito e sua família.

Os indícios dos crimes cometidos foram sendo confirmados à medida que as investigações do Procedimento Investigatório Criminal nº 050323-750/2021 avançavam. A Operação Grinch, realizada pelo Gaeco com apoio da Polícia Civil do Maranhão, em 17 de dezembro de 2021, permitiu, por meio de medidas cautelares de busca e apreensão e quebra de sigilo bancário, que fossem encontrados os elementos finais necessários para montar o quebra-cabeças da organização criminosa e as suas formas de lavagem de dinheiro.

Ainda, foram realizadas, por parte do Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro do MPMA, análises de diversos certames licitatórios ocorridos no município de Lago do Junco ao longo dos anos de 2014 a 2020 e estima-se que cerca de R$ 10.865.006,38 (dez milhões, oitocentos e sessenta e cinco reais e trinta e oito centavos) foram indevidamente utilizados pelo poder executivo local, causando prejuízos a toda a população que se viu desassistida de serviços básicos para os quais o dinheiro público havia sido destinado.

Assim, foram imputados os seguintes delitos para as pessoas denunciadas: organização criminosa (art. 2º da Lei 12.850/2013), fraude em licitação (art. 90 da Lei 8.666/1993) e lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei 9.613/98).

Fonte: Neto Ferreira

VEJA COMO FOI A AGENDA DO FIM DE SEMANA DO CANDIDATO URIARLE CAMPOS

Final de semana repleto de energia boa, com todos os amigos que lutam para reerguer o esporte em Codó.

Muito obrigado pelo convite e palavras de apoio. Com muito a determinação, trabalho e respeito conseguiremos reviver as modalidades esportivas, que hoje se encontram esquecidas.

Agradecer aos moradores dos povoados Saco pela carinhosa recepção!

URIARLE CAMPOS NA COMUNIDADE SANTO ANTONIO DOS PRETOS.

Uma tarde maravilhosa no quilombo Santo Antônio dos Pretos. Tivemos a oportunidade de conversar com os moradores e ouvir seus anseios.

Quero agradecer imensamente pelo convite que foi nos dado.

COM TRABALHO E RESPEITO, CONQUISTAREMOS!

#tocomuriarle #quilombo #comunidade #cultura #politica #juventude #familia

CARTÓRIOS DE SÃO BERNARDO E SANTANA DO MARANHÃO PASSAM POR INSPEÇÃO

O Cartório do Ofício Único de São Bernardo e o Cartório de Ofício Único de Santana do Maranhão passaram por inspeção judicial nesta segunda-feira, 8, para fiscalização dos serviços prestados por delegação do Poder Judiciário. A inspeção se estenderá à Delegacia de Polícia de São Bernardo.

Conforme a Portaria nº 4013/2022, de 7 de julho, e a Portaria nº  4014/2022, o objetivo da inspeção é aprimorar a prestação dos serviços judiciários, “imprimindo celeridade aos serviços judiciais, bem como esclarecer situações de fato, prevenindo irregularidades, reclamações, denúncias e faltas disciplinares”.

A inspeção foi determinada pela juíza Lyanne Sousa Brasil, titular da Vara única de São Bernardo, que preside os trabalhos com base na Resolução nº 24/2009, do Tribunal de Justiça.

CÓDIGO DE NORMAS DA CGJ-MA

O documento informa que o Código de Normas da Corregedoria Geral de Justiça do Maranhão determina que a inspeção ordinária seja feita no segundo semestre de cada ano, em regra até a terceira semana do mês de agosto.