PARLAMENTAR DESTACA CRESCIMENTO DO PROGRAMA DE AQUISIÇÃO DE ALIMENTOS PAA NO MUNICÍPIO DE CODÓ

untitled

Leonel Filho

Em um discurso que durou mais de 20 minutos, o vereador Leonel Filho (PTN) abriu um gama bem variada de assuntos relevantes que aconteceram no município de Codó na última semana e durante o fim de semana. O Edil iniciou sua participação na plenária parabenizando coordenadores, professores e alunos do programa Mais Educação e destacando os eventos relativos ao ensino de Codó, que se estenderam do fundamental a graduação. O líder do Governo na Câmara fez menção a programas como o Brasil Alfabetizado, cuja cerimônia de formatura aconteceu no Rotary Club e a colação de grau e entrega de certificados aos alunos do Programa de Formação de Professores da Educação Básica do Plano e Ações Articuladas (PROFEBPAR).

O parlamentar lembrou a grande festa do Dia do Evangélico, edição 2013, e sua solidificação como data de grande relevância para o calendário Municipal. Leonel, mais uma vez, citou os investimentos que chegam e a realização e inauguração de tantas obras no município de Codó. “Podemos fazer uma retrospectiva bem razoável e notar nitidamente que nunca se fez tanto investimento e tantas obras como estamos vendo nesses últimos cinco anos”. Disse em entrevista.

CRESCIMENTO SIGNIFICATIVO DO PAA EM CODÓ

Leonel Filho deu grande destaque a evolução expressiva do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) no município de Codó e de como o programa tem funcionado. De acordo com os números do líder do governo na câmara, a previsão do novo sistema de adesão do PAA 2013 irá beneficiar 302 agricultores do município, com um valor de R$ 1.162.655,41 para aquisição de alimentos desses produtores.

Até o momento, o número de produtores chega a 300 e os valores liberados pelo termo de adesão e 2013 contabilizam R$ 420.538,30. Restam R$ 742.117,11 a serem liberados nos próximos meses. “Desde 2010, o governo Zito Rolim vem realizando de forma correta e muito produtiva o PAA em Codó. Passamos de menos de 200 agricultores cadastrados em 2010, para mais de 300 em 2013. Passamos de 28 toneladas de alimentos adquiridos desses produtores em 2010, para mais 226 tonelada em 2013. E os valores destinados a esses produtores subiram de R$ 33.547,90 em 2010, para R$ 420.538,30 em 2013”. Finalizou.

Ascom/Vereador Leonel Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *