PARTIDÁRIOS QUEREM A VOLTA DE ROSEANA

Um grupo de adeptos do retorno do grupo Sarney ao poder no Maranhão espalhou nas redes sociais esse vídeo acima que foi o motim da propaganda eleitoral da então candidata Roseana Sarney ao governo de nosso estado.
A maioria esqueceu que essa propaganda não surtiu o efeito esperado e Roseana acabou sendo derrotada por Jackson Lago. A “guerreira” não voltou.
Guerreiras são as lavradoras maranhenses que ficam horas e horas no sol escaldante para levar comida aos seus filhos.
Guerreiras são as domésticas que chegam ser humilhadas nos lares de seus patrões para ganhar um mísero salário mínimo para completar a renda familiar.
Guerreiras são as professores que nunca foram valorizadas nem mesmo pela falsa guerreira Roseana Sarney.
Guerreiras são nossas bravas policiais militares e civis que enfrentam a criminalidade e bandidagem para garantir nossa paz e segurança e ganham uma merreca.
Guerreiras são nossas trocadoras e motoristas que nos levam e trazem em segurança nos ônibus e táxis sem ao menos nos conhecer.
Guerreiras são as mães que estão olhando seus filhos nasceram sob o signo da microcefalia e nada podem fazer para evitar a mortes de seus pimpolhos.
Guerreiras são as prostitutas que se obrigam a ser operárias do sexo e em troca de prazer recebem um salário extra ilusório que nunca lhes tirou da merda.
Guerreiras são as nossas blogueiras que são ameaçadas de morte e de processos por pessoas com interesses contrariados só por levarem informações para a sociedade.
Guerreiras são nossas mães que nos carregam nove meses na barriga e no final muitas chegam até a ser esquecidas e abandonadas.
Guerreira são nossas enfermeiras e médicas que deixem seus filhos aos cuidados de outros para nos tratar e salvarem nossas vidas.
Guerreiras mesmos são as nossas mulheres que nos aguentam com ressaca, humilhações e traições e ao final de tudo acabam nos perdoando.

Fonte: Luis Cardoso

2 comentários em: “PARTIDÁRIOS QUEREM A VOLTA DE ROSEANA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *