VEREADOR PASTOR MAX RESPONDE DENÚNCIA FEITA NO BLOG DO DE SÁ

IMG-20160112-WA0017

PT do B de Codó

O Diretório Municipal do Partido Trabalhista do Brasil (PT do B) em Codó informa sobre a sucessão na Secretaria de Juventude do Município de Codó e esclarece sobre alguns equívocos publicados na mídia digital.A assessoria do partido faz questão de desfazer qualquer informação equivocada ou boato passados ao site ou emitidos para editores que compõe a mídia digital na região.

O teor da reunião

Sobre as informações publicadas, especificamente no veículo intitulado Blog do de Sá, no dia 12/01/2016, esclarecemos primeiramente que em momento algum ocorreu qualquer alteração de humor, tom de voz ou uso de vocabulário inadequado por parte de qualquer um dos membros da atual composição do PT do B durante a reunião. No entanto, a saída prematura e impensada de algunsmembros do partido pode ter gerado em algum momento das discussões certo descontrolepor parte deex-membros durante o encontro. Todavia, o lamentável episódio não alterou a decisão de mudanças na Secretaria Municipal de Juventude,que ficou de analisar uma proposta apresentada, mas a decisão foi mantida pelos membros do diretório.

Posicionamento do presidente do PT do B

Ainda sobre as informações passadas ao Blog do de Sá queremos infirmar que o vereador pastor Max, atual presidente do PT do B, sempre manteve uma postura ética e ilibada, de tolerância e paciência, agindo pacificamente em todas as suas ações, sendo inverdade a acusação publicada no blog quando diz que o mesmo PERDEU AS ESTRIBEIRAS.
É necessário lembrar que pastor Max sempre soube separar bem sua vida ministerial da política e em nenhuma situação deixou que uma interferisse na outra. A sua história de vida fala mais que suas palavras, e quem o conhece de perto pode ratificar esta afirmação. Portanto, refutamos julgamentos pejorativos e infundados que tentam somente denegrir a sua imagem.Não é o fato de ser pastor que o impede de agir em prol da decisão da maioria do colegiado que compõe o partido que lidera (PT do B), que está apenas usando da prerrogativa firmada em acordo político com o atual prefeito. Sempre se posicionou em qualquer discussão e não seria diferente agora.
Gostaríamos de deixar bem claro a população codoense que todas as decisões do Partido Trabalhista do Brasil (PT do B) são proferidas de forma colegiada pelos 26 membros de seu diretório municipal, inexistindo a decisão de um único representante, seja ele presidente municipal do partido, secretário, ou mesmo vereador eleito pela legenda.

Acordo entre o PT do B e governo em 2012

Nas eleições de 2012, um dos acordos para a composição feita pelo PT do B com o grupo do atual governo municipal foi a criação da Secretaria Municipal de Juventude, cabendo ao partido indicar os seus membros e colaboradores. Durante os três anos da atual administração, o acordo firmado entre o governo e o diretório do PT do B foi mantido. No entanto, com o passar do tempo, a partir de meados do ano passado, alguns dos antigos membros do PT do B decidiram deixar a legenda sem qualquer comunicado, exceto o então presidente, que enviou requerimento pedindo a desfiliação e explicando o porquê. Os demais não o fizeram e se afastaram do diálogo.

Ausência de argumentos

Os argumentos do grupo que deixou do PT do B sobre a falta de união entre o então presidente, a secretária da juventude e o vereador eleito pela legenda não procedem, pois todas as decisões do partido teriam que ser tomadas pelo consenso de todos. Assim que assumiu a presidência do partido, o vereador Pastor Max marcou reunião para conversar com outros membros e tentar pleitear a permanência do grupo. No entanto, dos que hoje brigam para permanecer na secretaria e que saíram do PT do B, nenhum compareceu, declarando não dever mais satisfação à direção do partido.

Mudanças na Secretaria de Juventude

Uma vez não evitada a dissolução, uma nova estrutura foi montada e novos nomes se filiaram. Então, foi cobrado pelo diretório do PT do B e seus novos membros que vigorasse o acordo politico existente desde 2012, na qual a Secretaria Municipal de Juventude, seus trabalhos e atividades ficariam sobre a responsabilidade do diretório do PT do B.
A primeira reunião foi realizada no dia 04 de dezembro de 2015, onde o diretório deliberou sobre o assunto e decidiu pela mudança de seu secretário e seus colaboradores.Na oportunidade foram apresentados quatro nomes de forma democrática. Após a votação, foi escolhido o nome do pastor Carlos pelos vinte seis membros do PT do B de Codó. Uma segunda reunião foi marcada com a presença do prefeito e dos antigos membros do partido, onde foi ratificada a decisão pela mudança.
O atual presidente do PT do B codoense reitera que não existe qualquer outro interesse na secretaria de juventude, a não ser pelo cumprimento de acordo prévio entre governo e o diretório do partido, bem como do bom andamento dos trabalhos realizados pela pasta.

Considerações finais

Mesmo com a saída de alguns filiados, o atual presidente do PT do B agradece o tempo em que o grupo que saiu permaneceu no partido e a contribuição que cada um pôde dar. Mas a decisão de sair foi de cada um, e o mesmo respeita. Uma história termina, mas outra começa com outros membros, outras pessoas. O partido não estaria se manifestando se o acordo fosse firmado com uma pessoa específica, como acontece em outros casos. Não há interesse em perseguir ninguém. A decisão de mudança só está sendo tomada agora, pois acontece no período do fim de um ciclo, no qual os ex-membros optaram pela decisão de sair do partido.

Assessoria de Imprensa PT do B – Codó

 

9 comentários em: “VEREADOR PASTOR MAX RESPONDE DENÚNCIA FEITA NO BLOG DO DE SÁ

  1. Essa nota só expôs de forma clara a barganha política (toma lá, dá cá) entre partidos e gestores. Nesse caso não importa a competência pra assumir a pasta, mas tão somente pertencer a uma legenda geralmente de aluguel. (Seus filiados são conhecidos como “carambolos”, pois só acenam a cabeça afirmativamente pro gestor-negociador). Na verdade tá todo mundo querendo mais um meio, uma boquinha, um trampolim para alavancar suas campanhas eleitorais, e geralmente usando a estrutura e recursos dessas secretarias “negociadas”. Confirmada de forma clara nessa nota oficial do partido. Como diz o grande filósofo Faustão: “Ô lôco mêu”!

  2. Isso ai é conversa pra boi dormir, o negocio é que ele está com uma ciumeira da Rosilda, porque a baixinha ali é fogo e corre atras dos recursos e como ela conseguiu muitas $$$$$$$$$ ai aparece aqueles metidos a esperto doido pra meter a mão na bufufa é só isso, ah esse ano é ano de eleição e então $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$, correr atras de recursos ninguém quer, agora achar já praticamente assegurado ai é outra historia.

    1. engraçado vc dizer que ela foi atrás de recursos e que agora tão querendo o dito $$$$$$$$$$$$$ mais ela tá no cargo a 3 anos e só agora que apareceu esse recurso. não estaria também a baixinha se preparando pra sua campanha? não quero julgar ninguém mais fiquei com a pulga atrás da orelha. porque até então não se falava em dinheiro agora é o pau que rola sei não em! mais acho que tem gato na tapera.

Deixe uma resposta para cascagrossa Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *