POLICIAIS MILITARES SÃO PRESOS ACUSADOS DE ASSASSINAREM PREFEITO DE DAVINÓPOLIS

Uma operação da Polícia Civil culminou, na manhã desta terça-feira (11), na prisão de 4 pessoas envolvidas na morte do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva Barbosa (PRB).

As prisões ocorreram em Grajaú, Barra do Corda, Imperatriz e em Dom Eliseu, no Pará, em cumprimento a ordens judiciais expedidas pela Central de Inquérito de Imperatriz.

Segundo o delegado Jefrey Furtado, foram presos o policial militar do Pará, Francisco de Assis Bezerra Soares, vulgo Tita; o policial militar do Maranhão, Willame Nascimento da Silva; o mecânico José Denilton Feitosa Guimarães; e Gean Dearlrm dos Santos Neres.

Além das prisões, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades de Itinga do Maranhão, Barra do Corda, Grajaú, Imperatriz e Dom Eliseu (PA).

A força-tarefa para prender os envolvidos foi composta por equipes da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), Delegacia de Imperatriz, Superintendência de Repressão ao Narcotráfico (Senarc), e Delegacia de Dom Eliseu (PA).

Entenda o caso

O prefeito de Davinopólis, Ivanildo Paiva (PRB), de 57 anos, foi encontrado morto no dia 11 de novembro.

De acordo com o delegado Armando Pacheco, Superintendente da Polícia Civil do Interior, o corpo foi encontrado cerca de 2 km da sede da sua fazenda, na zona rural do município e o carro do prefeito foi encontrado abandonado na BR-010, ao lado da mata do 50 BIS, em Imperatriz.

Fonte: Neto Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *