POR MAGNO FREITAS: A POLÍTICA MANIPULADORA NA ENTREGA DO PEIXE EM CODÓ

Magno Freitas

O contexto que sempre vimos é acostumar as pessoas a serem as mesmas, o governo municipal que temos atualmente tem a infeliz desarticulação de não proporcionar condições necessárias para as pessoas serem independentes, durante quatro anos promoveram a velha política, ou seja, eles dão com uma mão e puxam com a outra, com o objetivo de terem as pessoas sujeitas, devendo favor e estarem sempre em suas portas para terem pelo menos uma assistência abaixo da mínima.

A distribuição da ficha do peixe nunca chegou na porta daquelas famílias que necessariamente precisam, o objetivo é fazer politicagem camuflada de caridade  popular.

Sabemos que esses peixes não são doações, faz parte de uma política de direito, os gastos são retirados do cofre público e é obrigação da administração cumprir com seu papel, mas eles sempre usam essas ações ou desarticulações para manipular politicamente a massa codoense.

É assim a forma de fazer democracia?

Não, os princípios desse desgoverno é fazer de conta que eles tem interesse de mudar a situação, mas quero dizer aos codoenses que a forma que eles acham de gerar votos a cabresto é fazer as pessoas estarem sempre no controle deles, a situação não pode mudar se não os paternalistas políticos podem perder seus clientes, por que cidadãos de direitos não fazem parte do seu vocabulário.

E assim as pessoas continuam a dançar com forme a música deles. Eles são ousados até em dizer em música de campanha que: “depois deles são eles de novo”, como se vivêssemos em um regime de governo que somente um grupo ou família pudessem estar no poder ou regime de governo autoritarísta que quer mandar a qualquer custo em outros poderes como o próprio legislativo municipal que só aprova o que o executivo manda o exemplo disse foi: o (PL) Projeto de Lei de 12 milhões na conta da prefeitura fazer o que com esse dinheiro só Deus sabe.

Diante disso, a oportunidade de termos uma Codó próspera estar se aproximando, participar da democracia de forma consciente pode ajudar a termos uma cidade que queremos e que resgate a dignidade da famílias, principalmente aquelas que vivem em situações alarmantes”.

 Att. Magno Freitas

2 comentários em: “POR MAGNO FREITAS: A POLÍTICA MANIPULADORA NA ENTREGA DO PEIXE EM CODÓ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *