POR MARCOS MONTEIRO: “A HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA”

1908490_1386403981665516_1530530317744767861_n

Professor Marcos Monteiro

A cidade de Codó está vivenciando um dos mais atípicos cenários políticos do leste maranhense.
Os dois maiores inimigos políticos da história ( Biné Figueiredo e Ricardo Archer) estão unidos em prol de um fator comum, evitar que os Oliveiras tomem o poder, em 2016.

A BOLA DA VEZ PSDB

O Partido que vai servir de escudo para dupla experiente (Biné e Archer), será nada menos que o partido de Carlos Brandão vice-governador do Maranhão, que conta com um bom tempo na TV, fator muito importante nesse duelo da política de Codó.

O APOIO.

Contando com umas das maiores popularidades do estado Zito Rolin pode ser a porta de entrada para quem sonha em ser prefeito de Codó, não é atoa que vários pretendentes ao trono municipal têm flertado apoio do atual prefeito.

OS REAIS

Um dos requisitos mais importantes para quem quer chegar ao poder em política é o capital, sem capital é sonhar e não realizar. Para Francisco Nagib um dos pretendentes ao cargo esse fator já tá resolvido, pois dinheiro não é problema. Além de contar com um bom alforje basta só o apoio do atual prefeito e tudo se encaixa.

O AZARÃO

Correndo por fora tem o atual vereador Pedro Belo um nome histórico do PCdoB tem uma boa musculatura eleitoral mais lhe falta capital problema que pode ser resolvido de ele tiver uma boa saliva para fazer os leões de São Luís ouvir seus apelos sem isso é melhor nem tentar.
Agora é só esperar…

5 comentários em: “POR MARCOS MONTEIRO: “A HORA DA ONÇA BEBER ÁGUA”

  1. “”CASCAGROSSA”” OU ATÉ MESMO “”CASCAFINA””, NO CASO, FINA PELA “”LEVEZA”” DAS PALAVRAS, MAS, FALTOU A MEMÓRIA QUE ESTÁ ENCASCADA. DÉCADA 60/70 BINÉ NÃO ESTAVA NA POLÍTICA, AINDA NÃO TINHA MERECIMENTO PARA ESSA PROFISSÃO. SOMENTE EM 1982, JUNTO COM O SAUDOSO ANTONIO JOAQUIM ARAÚJO FILHO, NA QUALIDADE DE VICE, ENGATOU A SUA PARTICIPAÇÃO POLÍTICA EM CODÓ. QUANTO A UNIÃO, BINÉ/RICARDO ARCHER, É UMA ATITUDE NORMAL NA POLÍTICA BRASILEIRA. QUEM NÃO GAURDA A LEMBRANÇA, UNIDOS PELO “”TUTANO””, FC OLIVEIRA E JOSÉ ROLIM FILHO?? QUEM ESQUECEU A “REGRA DO JOGO”, ATRIBUÍDA AO ROLIMzito QUANDO EXPULSOU O SEU CRIADOR DO NÚCLEO DO PODER?? QUEM NÃO TEM LEMBRANÇAS DAS MAIORES REPORTAGENS SOBRE A NEGAÇÃO DE UM GOVERNO, EXIBIDAS NA FCTV?? QUEM, COM UM MÍNIMO DE NEURÔNIOS, NÃO TEM CONHECIMENTO QUE O PARAIBANO, EXACRADO NO PASSADO, HOJE É BUSCADO COM SOFREGUIDÃO PARA “”NOVA ALIANÇA””. NÃO SOU CONTRA, APENAS QUERO DEMONSTRAR QUE A POLÍTICA É COMO AS NUVENS. ABAIXE A CABEÇA E, APÓS UNS MINUTOS, VEREMOS QUE O FORMADO É OUTRO. QUANTO, SER “FARINHA DO MESMO SACO”” NÃO É DESMERECIMENTO, RUIM É A MISTURA DE FARINHAS DIFERENTES NO MESMO SACO, AÍ PASSA A SER SACANAGEM CONTRA O POVO. AÍ SIM, A AZÍA É GRANDE.

  2. O diacho é que esse povinho é sem memória. Pra quem se espanta com a aliança entre Biné e Ricardo, vamos aos fatos: Na década de 60-70 os Archer e os Figueiredos eram aliados, e no balaio tava Biné Figueiredo, Antônio José Figueiredo, Remy Archer, Ricardo Archer, Bayma Serra, Renato Archer e demais correligionários. Portanto, essa turma se alia quando é conveniente. Na atual aliança, o problema é que Seu Bina tá liso, o outro tem dinheiro mas não quer meter a mão no bolso, e os dois são condenados e não podem ser candidatos. Resumo da ópera: São farinha do mesmo saco, e daquela que dá uma azia danada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *