PREFEITA “OSTENTAÇÃO” TEM R$ 3 MILHÕES EM BENS BLOQUEADOS NA JUSTIÇA

j

Ostentação

O Juiz Raul José Duarte Goulart Junior, decidiu em liminar, várias ações movidas contra a ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite da Silva que por hora, pediam o bloqueio de bens e afastamento da ex-gestora do comando do município. As ações são frutos das auditorias realizadas pela equipe técnica assim que a prefeita Gralhada assumiu o município no início de setembro.

Ao total, foram bloqueados R$ 3.111.83,61 (Três Milhões, cento e onze mil, oitenta e três reais e sessenta e um centavos) em bens e imoveis da ex-prefeita Lidiane Leite da Silva. Em outra outra ação, também foram bloqueados, 196.000,00 do ex-Prefeito Roque Portela.

Os processos foram movidos após a equipe técnica da auditoria contratada por Malrinete constatar irregularidades nas chamadas licitatórias da merenda escolar e de reformas das escolas feitas em 2013, irregularidades também no convenio de asfaltamentos de ruas de Bom Jardim. Sobre o ex-prefeito Roque, o bloqueio é referente a omissão de regularização de um convenio com o MEC na época de sua gestão.
As ações decididas em medida liminar visam também afastamento da ex-prefeita já afastada pela câmara municipal, porem por não encontrar o “objeto” o magistrado se vê impossibilitado de fazer algum julgamento sobre tal medida que deve ficar para o mérito da questão.
Ao total, são 16 ações em tramite frutos da auditoria realizada pela equipe da prefeitura, existem também 13 reclamações que estão ao poder do Ministério Publico Estadual.
Vale ressaltar que caso Lidiane seja condenadas nestas ações citadas, ficará 8 inelegível enquadrada na lei da ficha limpa.

Fonte: Bomjardim.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *