PREFEITURA DE CODÓ E TRE FAZEM PARCERIA E ACELERAM O RECADASTRAMENTO BIOMÉTRICO

unnamed

Leonel Filho

Esta semana o vereador Leonel Filho (PTN) voltou a falar sobre um problema que parece não ter fim ou solução no município de Codó: o mau atendimento ao público nas agencias bancárias da cidade. O edil, como representante direto e legítimo da população codoense, desabafou e cobrou, mais uma vez, providências às autoridades responsáveis.
“As agencias de banco não estão fazendo nada pra mudar a situação. Não se sensibilizam e não fazem esforço algum para melhorar o atendimento. Os bancos estão chegam ao extremo no município de Codó. Têm alguns funcionários que não tem o menos preparo para atender a população. As instituições bancárias precisam respeitar a população codoense. Temos que levar o caso mais uma vez a superintendência dos bancos”, declarou.

BANCOS NÃO ESTÃO CUMPRINDO A LEI

O líder do Governo na Câmara também relatou que o número de caixas em bom estado de funcionamento permanecem poucos e o número de funcionários continua insuficiente. No fim do ano passado, foi aprovada pela Câmara dos Vereadores e sancionada pelo Prefeito Zito Rolim a Lei 1.719, de 11 de dezembro de 2014. Oriunda do Projeto de Lei de número 22/2014, de autoria do Vereador Leonel Filho (PTN), a lei obriga as agências bancárias, no âmbito do Município de Codó, a colocar à disposição dos usuários, pessoal suficiente no setor de Caixas para que o atendimento seja efetivado em tempo razoável. Mas até hoje, mesmo com a visita do Procom, nada foi feito para melhorar a vida dos usuários e correntistas dos bancos.

APOIO MUNICIPAL AO TRE

Leonel elogiou a parceria entre o governo municipal e o TRE de Codó, em esforço conjunto para acelerar o recadastramento biométrico no município. “Melhorou. Não observamos mais as longas filas. O Prefeito Zito Rolim disponibilizou e alocou cinco funcionário para ajudarem nos trabalhos de recadastramento. É uma contribuição de nosso município ao trabalho do TRE. Quero parabenizar a atitude de nosso prefeito e a todos os colegas vereadores pela mobilização nessa luta”, destacou.

CORTES DO ORÇAMENTO DA UNIÃO

Para finalizar seu discurso, o parlamentar ponderou sobre o maior corte no orçamento federal já realizado em toda história do Brasil. Leonel pontuou sobre o corte de R$ 69,9 bilhões no orçamento da União, anunciado em Brasília, que irá atingir todos os ministérios do governo federal.
Nós estamos pagando a conta de um erro do governo federal. E isso irá afetar diretamente os municípios. Os investimentos vão cair, os principais programas serão cortados e a situação irá ficar apertada. Mas esperamos que o governo do Estado faça um esforço para que a cidade não fique desassistida. A contrapartida do Estrado tem cinco meses que não chega a Codó. Então, seria interessante que os vereadores cobrassem mais ao governador e se informassem melhor antes de fazer quaisquer denúncias infundadas e vazias”, encerrou.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *