PROFISSIONAIS DE SAÚDE CODÓ RECEBEM TREINAMENTO PARA DIAGNOSTICAR E TRATAR A HANSENÍASE

DSC_0194

Treinamento

Os profissionais da área da saúde pública municipal do município de Codó irão receber, entre os dias 28 e 30 de abril, treinamentos, orientações e palestras sobre a prevenção, diagnóstico e tratamento da Hanseníase. O primeiro dia de treinamento aconteceu no campus da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) em Codó e contou com a participação de médicos, enfermeiros, agentes comunitários de saúde e outros profissionais que atuam diretamente na rede básica de saúde no atendimento das pessoas.

De acordo com a Coordenadora da campanha em Codó, Delcina Fiugueira, o treinamento foi oferecido pela Secretaria de Estado de Saúde através da gerência técnica do Programa de Controle da Tuberculose e Hanseníase, por meio de uma equipe de médicos e enfermeiros. “Para realizarmos um bom trabalho perecíamos capacitar nossos profissionais. Muitos já receberam treinamento. Hoje estamos passando aos enfermeiros e médicos cubanos do programa Mais médicos. Ao todo são 40 profissionais, entre médicos e enfermeiros, recebendo treinamento”. Explicou

DSC_0204

Treinamento

Na campanha de 2014 os atendimentos voltados aos diagnósticos da Hanseníase serão feitos nas 17 unidades de saúde do município e também com ações inovadoras, como a chamada Busca Ativa, aonde os profissionais irão até a casa das pessoas para realizar o diagnóstico. “Com os atendimentos nos postos e as Buscas Ativas ficará mais fácil a descoberta da doença de forma precoce, o que facilitará no tratamento da pessoa constatada com este grave problema que pode ter danos ou seqüelas irreparáveis se não tratado”.

A coordenadora do programa também ressaltou que se constatada a doença na pessoa, as demais que moram na mesma casa também deverão passar por exames de contato, pois a Hanseníase é transmissível e o organismo não produz imunidade para combater, o que pode ocasionar na reincidência da doença.

Ao fim do treinamento os profissionais receberão kits para o diagnóstico da hanseníase. O kit é composto de uma sacola padronizada contendo equipamentos e materiais necessários para auxiliar o profissional no diagnóstico da hanseníase e na avaliação das incapacidades físicas que a doença provoca. Cada equipe (do Programa de Saúde da Família) terá o seu próprio Kit.

Raphael Fernandes – Ascom Prefeitura Municipal de Codó

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *