PROJETO CAPITÃES DE AREIA PROMOVE EM TIMON CURSO PARA POLICIAIS MILITARES

A Vara da Infância e Juventude de Timon promove, de 2 a 4 de dezembro, um curso de capacitação direcionado aos policiais militares que integram o projeto Capitães de Areia. De acordo com a unidade judicial, este é o segundo curso de capacitação e terá a participação de 37 policiais do 11º Batalhão de Polícia Militar de Timon. A capacitação será em ambiente virtual, através da plataforma ‘Zoom’, sempre no horário das 16 às 19 horas. Conforme a programação, nesta quarta-feira (2), o tema a ser abordado pela aula inaugural é “Noções Sobre Infância e Juventude, Com Enfoque na Responsabilização Penal Juvenil”, a ser ministrada pelo professor João Batista Costa Saraiva, juiz de Direito aposentado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Na quinta-feira, dia 3, a aula engloba o tema “Metodologias Ativas no Ensino-aprendizagem de Jovens”, que será ministrada pelo Capitão Valcemir de Araújo Silva, vinculado ao Projeto Recomeçar, desenvolvido pela Polícia Militar do Estado da Paraíba. Logo em seguida, os participantes terão a aula “O Cérebro Adolescente, o Lúdico e o Fortalecimento de Vínculos socioafetivos”, a ser proferida pela psicóloga canadense Janine Dodge e por Ivânia Ghesti, Doutora em Psicologia Clínica e Cultura pela Universidade de Brasília.

Ainda conforme a programação divulgada pela Vara da Infância e Juventude de Timon, a capacitação será concluída na sexta-feira, dia 4 de dezembro, com dinâmicas explicativas do funcionamento do CREAS e do Centro Socioeducativo de Semiliberdade, planejamento das atividades a serem desenvolvidas no ano de 2021, sob a coordenação da assistente social Katiúscia de Sousa Lima e a comissária de Justiça Juliana Mendes. Os Policiais Militares, após capacitação oferecida pela equipe técnica da Vara da Infância e Juventude, participam de atividades de acordo com suas habilidades profissionais.

Essas habilidades são divididas nos eixos da Comunicação, Educação e Cultura, Esporte e Lazer, e Profissionalização, envolvendo os adolescentes em rotinas de estímulo à leitura, saraus de poesia, reforço escolar, futebol de salão e aulas de xadrez. Um grupo de policiais femininas oferece às adolescentes curso de automaquiagem, como forma de desenvolver nessas jovens a autoestima e ao mesmo tempo proporcionar-lhes meios para a geração de renda. Palestras e reuniões periódicas são também realizadas com pais e responsáveis, bem como reuniões periódicas do coletivo das instituições dos Sistemas de Justiça, de Garantias de Direitos e de Atendimento.

O objetivo, em breves linhas, é o fortalecimento do trabalho em rede, a partir da realização de atividades, pelos policiais voluntários, nos eixos em que atuarão (educação e cultura, esportes e profissionalização), colaborando com os órgãos gestores, de modo a ser dada efetividade às propostas constantes do Plano Individual de Atendimento de cada adolescente em cumprimento de medidas socioeducativas de semiliberdade e em meio aberto, de liberdade assistida e de prestação de serviços à comunidade“. explica o juiz Simeão Pereira, titular da Vara da Infância e Juventude de Timon.

O PROJETO

Implantado na comarca de Timon em agosto de 2019, em articulação da Vara da Infância e Juventude com o 11º Batalhão de Polícia Militar, o Projeto Capitães de Areia é formado por Policiais Militares voluntários, atuando no horário de folga, em colaboração com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e a Fundação da Criança e do Adolescente do Maranhão (FUNAC), órgãos gestores da execução das medidas socioeducativas em meio aberto, de liberdade assistida, prestação de serviços à comunidade e de semiliberdade, aplicadas pelo Judiciário a adolescentes em conflito com a lei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *