RIO BATE RECORDE DE PASSAGEIROS E RECEBE JATOS EXECUTIVOS MILIONÁRIOS

avioes_no_patio

Jatos

A Olimpíada no Rio também bateu recordes no ar. Durante os cerca de 30 dias das chegadas e partidas olímpicas, o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, viu um movimento jamais registrado na sua história.

Além de receber aviões de diferentes companhias que nunca haviam pousado na cidade, a chegada de voos dos jatos executivos estiveram em destaque. Passaram pelo Rio aviões particulares milionários, como o Global Express, o Falcon e o Gulfstream, avaliados em cerca de U$ 60 milhões, aproximadamente R$ 190 milhões. Os passageiros tiveram atentimento personalizado na chegada, saída e deslocamentos.

aviao_mexicano-300x225

Jatos Milionários

E nesta segunda-feira (22) será o dia de circulação do maior número de passageiros desde a  inauguração do terminal aéreo: 85 mil pessoas. É movimento de volta para casa de atletas, dirigentes e turistas.

O Galeão também recebe, pela primeira vez, o avião A-380 da Air France, o maior avião de passageiros do mundo.

Lançado em 2005, o A-380 pode transportar entre 520 e 800 passageiros. Ele pousa pela primeira vez na pista do Galeão trazendo passageiros de Paris. Como é tradição, será batizado na pista. O avião volta à noite para Paris levando integrantes do Comitê Olímpico Francês e atletas.

gulstream

Jato

G1 teve acesso ao pátio onde ficaram estacionados os jatos executivos durante os Jogos Olímpicos. Na sexta-feira (19), havia 34 aviões parados. A maioria deles eram estrangeiros. Pelo menos dois, um do México e outro do Azerbaijão, estavam lá desde 3 de agosto.

Os aviões executivos chamam a atenção dos funcionários que trabalham nessa área do aeroporto. Eles descrevem detalhes, nomes e até valores dos aviões. Muitos, chegam a sonhar em viajar neles e sonham fazendo planos.

“Gostaria de voar para as Bahamas ou S.Marteen em um desses. Já chegava de sunga e mergulhando”, disse um funcionário que não quis se identificar.

A reportagem do G1 não pode entrar nos jatos que estavam sem tripulação e nem fotografar os prefixos por causa da segurança.

interior_de_jato_de_luxo

Jatos milionários

Fonte: G1 via Domingos Costa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *