SALVE-SE QUEM PUDER: VIGIA É EXECUTADO EM CODÓ EM SEU LOCAL DE TRABALHO

Índice

Imagem meramente ilustrativa

Foi morto nas primeiras horas desta terça-feira, 2, o vigia do Instituto Maná, projeto social do Ministério Público Estadual em Codó que cuida de crianças e adolescentes em situação de risco social.
José Valmir Pereira Do Nascimento foi esfaqueado em seu local de trabalho por alguém ainda não identificado. Em entrevista ao jornalista Sena Freitas, sargento Medeiros explicou que um outro vigia ainda teria ido em socorro do companheiro, quando houve a fuga do bandido.
“Imediatamente quando o outro (vigia) foi em atendimento à ele, o elemento evadiu-se sem ser identificado…ALGUM SUSPEITO? Até o momento não, como eu disse é um elemento desconhecido, mas serão feitas investigações para, posteriormente, a gente dá uma resposta à sociedade”, explicou o sargento ao repórter Sena Freitas (FCFM).
O vigia, que morava na rua Bahia, bairro Codó Novo, foi ferido na perna e segundo o serviço médico que o atendeu a facada atingiu uma veia principal que passa nesta região do corpo humano fazendo-o perder quantidade excessiva de sangue, o que o levou a morte.
O Instituto ainda não divulgou se algum objeto foi levado pelo assassino do vigia. A Polícia Civil também não se manifestou, até agora, a respeito de que linha de investigação adotará neste caso.

NA CONTRAMÃO

Com este, a imprensa já está contando 26 assassinatos em Codó em menos de 6 meses do ano (A própria imprensa faz sua conta porque as autoridades, geralmente, quando indagadas dizem “rapaz, eu nem sei, vou contar. Acho que é tanto”).
Completamente diverso do que vem divulgando, por meio de sua assessoria de imprensa, o Governo do Estado que incluiu Codó, recentemente, entre as maiores cidades onde houve redução da criminalidade.

Fonte: Blog do Acélio

Um comentário em: “SALVE-SE QUEM PUDER: VIGIA É EXECUTADO EM CODÓ EM SEU LOCAL DE TRABALHO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *