UM ANIVERSÁRIO COMO NENHUM OUTRO: 11 ANOS SEM “SEU RIBA” DA LOTERIA

 

SAM_0962

Foto Pombinha

O caso de homicídio em Codó que envolveu o empresário José de Ribamar de Sousa Lima, mais conhecido como “seu Riba da loteria”, faz 11 anos hoje, dia 22/08/2013. Várias pessoas estavam envolvidas no crime. Algumas foram presas e depois liberadas pela justiça. De acordo com a família de “seu Riba”, até hoje o caso não foi solucionado pela justiça. Na época, a secretária de segurança pública do Estado do Maranhão designou o delegado Rubéns Sérgio dos Santos, da delegacia de Rosário, para investigar o crime. Naquele ano, o delegado teve o apoio de policiais civis de Caxias, Timon, e Rosário.

A FAMÍLIA A ESPERA DE JUSTIÇA.

Até hoje a família ainda não viu uma manifestação mais enérgica da justiça para caso. “Seu Riba” foi morto no dia 22/08/2002 na Rua Cesar Brandão, em Codó, quando se deslocava, às sete horas da manhã, para sua loteria no centro da cidade. O empresário foi morto com tiros sem chance de defesa.

“POMBINHA” DENUNCIADO NO “LINHA DIRETA” DA REDE GLOBO.

Um dos acusados de participação na morte do lotérico foi Raimundo Nonato Santiago de Sousa, mais conhecido por “POMBINHA”. O jovem teria utilizado uma moto para levar até ao local do crime e dar fuga ao homem que teria assassinado o empresário José de Ribamar, “O SEU RIBA”. Durante toda a investigação do crime “POMBINHA” negou participação no assassinato e dizia que não sabia de nada. Atualmente “POMBINHA” está desaparecido, depois de ter fugido da prisão.

 

2 comentários em: “UM ANIVERSÁRIO COMO NENHUM OUTRO: 11 ANOS SEM “SEU RIBA” DA LOTERIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *