UM ABRAÇO DE URSO: AS DUAS FACES DESSES QUATRO NOBRES EDIS CODOENSES

O atual prefeito de Codó, Francisco Nagib, está tendo que suportar as cobranças costumeiras de alguns parlamentares da cidade. Aqueles quatro revoltados resolveram voltar ao “ninho” de Nagib. Dentre eles, mesmo que de forma mais tímida, o único que ainda mostra “INDEPENDÊNCIA” é Domingos Reis, que está agindo que nem gato, “dando um tapa e escondendo a unha”, já os demais viram que certamente têm muita dificuldade para se manterem com tantas cobranças de eleitores e resolveram voltar de onde na verdade nunca nem saíram .

UM ABRAÇO DE URSO 01

O abraço de urso que esses vereadores estão dando em Nagib poderá ser bem apertado mais adiante. Vamos explicar melhor em detalhes: ano que vem (2020) é ano de eleição e muito confortável é para esses vereadores permanecerem no poder ao lado do prefeito mesmo de forma falsa e agindo com interesses. Estão ao lado do atual prefeito apenas de “MIGUÉ” porque não suportam estar fora das benesses do governo seja ele qual for. Caso outra pessoa apareça melhor em uma pesquisa para prefeito no ano que vem… Não tenham dúvidas! Esses nobres edis pulam do barco e deixam Nagib chupando dedo.

O ABRAÇO DE URSO 02

Caso não seja Nagib o candidato e sim Zito Rolim, será muito prático para esses vereadores dizerem: “mas nós estamos no grupo”, e assim vão ficar abraçados com Zito Rolim que de fato suporta pressões e dá tudo que eles pedem. Caso seja Nagib o candidato e ele esteja bem nas pesquisas usaram a mesma frase: “aqui nós já estamos, sempre fomos do grupo”, típico de político barato e venal. Mas tenham a certeza, caros leitores do BLOG DO DE SÁ, esses parlamentares não ficam onde não tiram proveito de nada, estão com o atual prefeito apenas porque certamente estão barganhando algo, caso contrário não suportariam a forma de administrar do atual prefeito que não se curva diante de certas cobranças de vereadores famintos.

4 comentários em: “UM ABRAÇO DE URSO: AS DUAS FACES DESSES QUATRO NOBRES EDIS CODOENSES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *