UM ASSASSINATO E UMA TENTATIVA DE HOMICÍDIO MARCAM O ENCERRAMENTO DO CARNAVAL EM CODÓ

IMG-20150218-WA0007

Vítima

A madrugada desta quarta-feira de cinzas foi violenta no carnaval de Codó. Dois crimes de natureza grave ocorreram quando a multidão subia a avenida Augusto Teixeira atrás do trio tocado pela banda Contramão, de São Luís, rumo ao corredor da folia.
Por volta de 1h um adolescente de 17 anos foi atingido no pescoço por um tiro de revólver, praticamente debaixo da cobertura do posto de combustível Jacy (lado esquerdo de quem sobe).
Ele foi socorrido por uma equipe do SAMU comandada pelo médico Epitácio Filho e levado às pressas para o Hospital Geral Municipal de Codó, minutos depois ele foi encaminhado para Presidente Dutra numa Unidade de Suporte Avançado por causa da gravidade do ferimento.
A PM esteve no local e acha que a tentativa de homicídio foi em decorrência de acerto de contas.
“Provavelmente foi decorrência de uma rixa, certo?, conforme levantamento, a única coisa que nós constatamos aqui no local foi que vieram dois numa moto, o passageiro saiu em direção (….) e disparou atingindo o pescoço da vítima (…) foi um disparo a queima roupa”, disse a tenente Francilene Gonçalves

ASSASSINATO NA AVENIDA

Menos de 10 minutos depois, na mesma avenida um outro rapaz, identificado como Rafael Sousa, de 18nos, foi atingido no meio da multidão que subia a avenida nas proximidades da clínica Santa Lúcia (lado direito da avenida). A bala acertou a cabeça do jovem que morreu na hora.
O corpo foi levado para perícia do médico legista do HGM e depois liberado para o funeral. A Polícia Militar iniciou buscas imediatas para os dois casos.
“Isso mesmo nós já temos policiais do serviço de inteligência fazendo este levantamento, que vai repassar a informação para os policiais que estão de serviço e a gente vai sair na captura do indivíduo”, afirmou a tenente
No caso de Rafael, um suspeito chegou a ser levado ainda de madrugada para a delegacia, mas não houve confirmação da participação dele no assassinato.

Fonte: Blog do Acélio Trindade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *