UMA BELEZINHA: PREFEITA DE CHAPADINHA RECEBE DINHEIRO PARA CONSTRUIR UPA, MAS NÃO ENTREGA A OBRA

image181

Dulcilene Pontes

Pelo visto a prefeita do município de Chapadinha, localizado a 250 km de São Luís, Dulcilene Pontes, a Belezinha, não tem a menor noção do que é administrar o dinheiro público. Prova disso é que mesmo recebendo quase todo o recurso para construção de uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), a obra está é longe de ser concluída.
A UPA do bairro Areal, orçada em mais de R$ 3 milhões, foi iniciada em maio do ano passado e o prazo de entrega seria em 05 de fevereiro deste ano, como mostra a placa da obra. Mas, não é o que acontece.
A prefeita poderia dizer que o problema é a falta de recurso, mas não é, pois, segundo o Governo Federal, já foram destinados ao município quase R$ 2,8 milhões e a obra “não anda”.

image182

Documento

O que não entendemos é que mesmo com todo esse dinheiro em conta, Belezinha não conclui a obra e enquanto isso, a população chapadinhense sofre com a falta da UPA.
Esse caso deveria ser inserido naquele quadro do Fantástico, da Rede Globo, “Cadê o dinheiro que estava aqui?”.

image183

Documento

Fonte: Blog do Neto Ferreira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *