UPA DE CODÓ EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE DEMORA EM ATENDIMENTO


NOTA DE ESCLARECIMENTO

Ricardo Diretor UPA

Ricardo Diretor UPA

Diante da matéria publicada no Blob do Acélio, no dia 10/07/2013, sobre a demora no atendimento na UPA CODÓ, vimos prestar esclarecimento sobre a dinâmica do atendimento realizado nesta unidade.

A metodologia de atendimento utilizada pelas Unidades de Pronto Atendimento – UPAs, foi definida pela Portaria nº 2.048 do Ministério da Saúde, que propõe a utilização do acolhimento com classificação de risco. Este processo é realizado por profissional de saúde, de nível superior (Enfermeiro), que se utiliza de protocolos pré-estabelecidos, com objetivo de avaliar o grau de urgência das queixas dos pacientes, colocando-os em ordem de prioridade para o atendimento.

A Classificação de Risco é um instrumento para melhor organizar o fluxo de pacientes que procuram as portas de entrada de urgência/emergência, gerando um atendimento resolutivo e humanizado. A classificação de risco é uma ferramenta que, além de organizar a fila de espera, tem também outros objetivos importantes, como: garantir o atendimento imediato do usuário com grau de risco elevado e informar o paciente que não corre risco imediato, assim como a seus familiares, sobre o tempo provável de espera.

Em todas as Unidades de Pronto Atendimento, o atendimento a pacientes se dá através do protocolo de Acolhimento com Classificação de Risco, ou seja, ao chegar à unidade o paciente é classificado de acordo com a gravidade de seu estado de saúde e não por ordem de chegada.

Em nossa compreensão, fica claro que esse método de atendimento é o que melhor atende às necessidades dos serviços de urgência/emergência, dando uma maior segurança ao usuário.

A demora no atendimento se dá, devido à grande demanda de atendimentos ambulatoriais existentes. Estes casos não são priorizados (verde e azul), como consta no quadro de classificação de risco (em anexo), levando a um tempo maior de espera.

Contudo, acreditamos que estamos no caminho certo, pois desde a inauguração da UPA CODÓ, já realizamos mais de 100.000 atendimentos, prestando um serviço de saúde de excelência, graças a uma equipe de profissionais altamente qualificados e comprometidos em atender bem a população codoense.

Protocolo de Classificação de Risco da UPA CODÓ

 

Dr. Francisco José Carvalho Duailibe Ricardo Sérgio Araujo Lima

Diretor Clínico da UPA CODÓ Diretor Administrativo da UPA CODÓ

19 comentários em: “UPA DE CODÓ EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE DEMORA EM ATENDIMENTO

  1. TODOS OS COMENTARIOS SAO DE FUNCIONÁRIOS OU AMIGOS DESSE DIRETOR QUE NUNCA VIVEU EM CODÓ,AGORA SIM É O CARA,GRAÇAS ESSE VEREADOR LEONEL FILHO,QUE MANDA E DESMANDA NA SAUDE DE NOSSA CODÓ,PQ,ACHA QUE SEU SECRETARIO DE SAUDE DO ESTADO É DEUS,MAS ESSA CHUVA VAI PASSAR….AGORA COM UM PREFEITO MAO ABERTA PARA OS GRANDES COMO ZITO ROLIM,CODÓ,IRÁ MOSTRAR PARA ESSE GOVERNO,Q A SUA CHANCE ACABOU E JAMAIS VOLTARAR.666

  2. UPA, Unidade de Pronto Atendimento. Como sugere o nome,é para atendimento
    de urgência e emergência e não servir como posto médico. Acontece que os postos não funcionam, não têm medicamentos e a UPA virou posto médico, sendo sustentado com recursos federais e estaduais. A prefeitura não gasta nada, fica comendo nos pratos dos outros.

  3. O problema de Codó é cultural. Daí a dificuldade de aceitar as mudanças. Principalmente quando as mudanças ocorrem para melhorar.
    Já escrevi numa rede social e aproveito pata fazer o mesmo aqui, elogiando o trabalho dos profissionais daquela unidade de saúde. Inclusive, todas as vezes que precisei de lá, fui muito bem atendido.
    Agora, esse povo que acha que hospital é fila de estádio, que quem chega primeiro, entra primeiro, aí é outra história.
    PARABÉNS AOS PROFISSIONAIS QUE LÁ TRABALHAM. CONTINUEM ASSIM!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *