UPA DE CODÓ FARÁ ATENDIMENTO ITINERANTE NESTE SÁBADO EM CAJAZEIRAS, ZONA RURAL

IMG_20150309_093107847

Diretores Antonio Brauna e Dr. Wellington Oliveira

 A UPA de Codó tem desenvolvido um trabalho extraordinário para comunidade codoense. São dezenas de pessoas atendidas todos os dias na unidade da UPA de Codó. Agora os novos diretores da unidade estão com uma idéia magnífica Dr. Wellington Oliveira, diretor clínico e Antonio Brauna, diretor geral, tiveram a ideia de fazer um trabalho diferenciado aos codoenses. Esse trabalho será chamado de “UPA ITINERANTE”, ou seja, a unidade vai até a comunidade levar os atendimentos necessários para a comunidade. A unidade vai disponibilizar uma equipe para ir as comunidades levar esse trabalho, no sentido de melhorar a vida das pessoas. Neste final de semana os moradores de Cajazeiras, na zona rural de Codó, serão os primeiros atendidos com o trabalho itinerante da UPA de Codó, compondo a equipe vai um médico, enfermeiro, técnicos e auxiliares.

MELHORANDO O TRABALHO.

A ideia do “UPA ITINERANTE” é fazer com que as pessoas que moram mais distante possam também ter acesso aos atendimentos da unidade. Com esse trabalho a coordenação da UPA de Codó pretende melhorar ainda mais o atendimento a população. Mas esse trabalho será feito sem deixar de atender a quem chegar até a unidade.

2 comentários em: “UPA DE CODÓ FARÁ ATENDIMENTO ITINERANTE NESTE SÁBADO EM CAJAZEIRAS, ZONA RURAL

  1. José Murilo Duailibe Salem disse:
    O seu comentário está aguardando moderação.
    29 de março de 2015 às 7:52
    TODOS OS CODOENSES E NÃO CODOENSES, TÊM O DIREITO DE UM ÓTIMO ATENDIMENTO À SAÚDE. MAS, É IMPORTANTE QUE, A UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA) NÃO SEJA USADA POLITICAMENTE, E NEM TENTANDO SUBSTITUIR AS “”RESPONSABILIDADES DO PREFEITO E DO SECRETÁRIO DE SAÚDE””.
    Você sabe o que é e qual é a função de uma UPA?
    A UPA, sigla de Unidade de Pronto Atendimento, é um serviço intermediário entre a atenção básica (ESF/UBS) e as unidades hospitalares. Trata-se de uma unidade de saúde que funciona em horário integral, inclusive nos fins de semana. É um novo modelo de atendimento, um novo conceito em saúde. A unidade está equipada para atender aos usuários em necessidades de pronto atendimento e qualquer situação de emergência.

    UPA tem consultórios de clínica médica, pediatria e odontologia, serviços de laboratório e raio-x. Também conta com leitos de observação para adultos e crianças, salas de medicação, nebulização, ortopedia e uma “sala de emergência”, para estabilizar os pacientes mais graves até serem levados a um hospital. A UPA 24 horas também está preparada para realizar pequenas suturas.

    COMPETÊNCIA DA UPA
    I – Urgência e emergência traumáticas e não traumáticas
    II – Realização de exames laboratoriais, eletrocardiográficos e radiológicos para diagnosticar situações de urgência e emergência
    III – Distribuição de medicamentos para que o paciente realize o tratamento domiciliar em situações de urgência
    IV – Apoio ao atendimento de unidades móveis do Corpo de Bombeiros como referência para pacientes com emergências, que possam lá ser resolvidas no local, ou apoio médico a unidades básicas ou intermediárias
    V – Realização do transporte de enfermos que lá tenham recebido seu primeiro atendimento
    VI – Estabilizar pacientes com emergências, removendo-os imediatamente após regulação para o hospital de referência.
    O MINISTÉRIO DA SAÚDE LANÇOU, EM 2003, A POLÍTICA NACIONAL DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA, COM O INTUITO DE ESTRUTURAR E ORGANIZAR A REDE DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA NO PAÍS. PORTANTO, NÃO CABE À UPA EFETUAR ITINERÂNCIAS, MESMO COM A BOA VONTADE E REAL NECESSIDADE DE AJUDAR A POPULAÇÃO DO INTERIOR, UMA “”OBRIGAÇÃO DO PREFEITO ROLIMzito””.
    NÃO É COMPETÊNCIA DAS UPAS

    I – Consultas médicas de segmento ou ambulatoriais
    II – Abrigo de indigentes e pessoas que não apresentam alguma urgência médica
    III – Realização de exames eletivos
    IV – Troca de curativos
    V – Revisão de suturas e retirada de pontos
    VI – Realização eletiva de exames laboratoriais
    VII – Internação de pacientes
    VIII – Realização de procedimentos cirúrgicos
    IX – Distribuição de medicamentos de uso crônico
    X – Realização de procedimentos eletivos médicos ou odontológicos.

    VAMOS AGUARDAR A NORMALIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *