VEREADOR CHIQUINHO DO SAAE ALEGA QUE CIRETRAN DE CODÓ ESTARIA LIBERANDO MOTOS IRREGULARES

20150420_211627

Ver. Chiquinho do SAAE

Na última sessão na Câmara de Vereadores de Codó, o vereador e presidente da casa, Chiquinho do SAAE, fez uma grave denúncia relacionada ao CIRETRAN de Codó. De acordo com o presidente, algumas motos que estão sendo apreendidas pela Polícia Militar estariam sendo liberadas de forma irregular. “Nós sabemos que as motos que são apreendidas, o proprietário quando vai retirar, se ela tiver um cano kadron, ele fica na CIRETRAN e esses canos são enviados a São Luis para serem destruídos, porque se são proibidos não se pode usar. Infelizmente, segundo a pessoa que me passou, esses canos estão sendo vendidos em Codó” finalizou o parlamentar.

OS CANOS ESTARIAM SENDO VENDIDOS PARA UM FUNCIONÁRIO DA CIRETRAN.

Ainda de acordo com vereador, outra irregularidade que precisa ser apurada seria a venda dos canos “Kadrons”, ou seja, aqueles canos que fazem bastante barulho. “Esses canos foram vendidos para um funcionário da CIRETRAN. Essa é uma das denúncias que eu gostaria muito que meu amigo Ricardo Reis procurasse averiguar direitinho. Porque se é retirado é porque é proibido. Então porque o funcionário da CIRETRAN está vendendo para retornar novamente para as motos?”, questionou.

NÃO SE PODE MAIS PRENDER MOTO EM CODÓ POR ENQUANTO.

O vereador parabenizou a Polícia Militar de Codó e o comandante Coronel Jurandir, pela fiscalização no trânsito da cidade, e ao mesmo tempo aproveitou para fazer outra grave denúncia. “O pátio da CIRETRAN não cabe mais moto. O Pelotão da Polícia Militar também não tem mais onde colocar. E a determinação é que não se prenda mais moto em Codó, por enquanto, porque não tem mais local para colocar”, finalizou o parlamentar. É necessário que todas as denúncias feitas pelo vereador sejam apuradas, principalmente as denúncias sobre a CIRETRAN de Codó.

4 comentários em: “VEREADOR CHIQUINHO DO SAAE ALEGA QUE CIRETRAN DE CODÓ ESTARIA LIBERANDO MOTOS IRREGULARES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *