VEREADOR CODOENSE DEFENDE DE MATRÍCULAS DE PROFESSORES PARA A REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Na sessão desta semana da Câmara Municipal, o vereador Pastor Max falou sobre a elaboração Anteprojeto de Lei que prevê expressamente a instituição da carga horária de 40 horas, dando a possibilidade de unificação de dois vínculos de professor no município. O edil explicou que o Anteprojeto de Lei possibilitará que que um mesmo professor que possua duas matrículas na rede municipal de ensino possa unificá-las, deixando de ser contratado por dois regimes diferentes, compondo um total de 40h semanais. “Os professores do quadro efetivo da Rede Municipal de Ensino há muito tempo vem lutando para terem reconhecidos, primeiro, o mérito de terem conquistado através do seu esforço e dedicação aos estudos, mais de um vínculo de trabalho docente, seja na rede municipal ou em outra rede pública e cidade. Segundo, a importância da manutenção desse ganho financeiro para sua vida e família”.

O parlamentar falou sobre a dura rotina de trabalho da classe e de como o anteprojeto facilitará a vida dos professores. “Sabemos que ser professor no Brasil é um enorme desafio. Infelizmente a carreira do professor vem se deteriorando ano a ano. Isso se dá em função de uma série de razões: a desvalorização salarial, a violência escolar, uma jornada de trabalho extremamente extenuante, principalmente diante da necessidade que o professor tem de melhorar a renda familiar e de dar condições dignas a sua família. Muitos desses professores, como alternativa, se veem obrigados a se submeterem a uma dupla, às vezes até tripla jornada de trabalho, ou a busca para obter novos e diferentes cargos, dentro e fora da escola, que possibilitem essas condições de uma vida social mais segura”, defendeu.

Como será

A unificação de dois cadastros para apenas um, permitirá que professor que possuía, por exemplo, três vínculos, que o deixaria em situação irregular perante a legislação, sendo obrigado a pedir exoneração de uma fonte de renda importante, acumulassem os dois cargos remanescentes, mesmo que em redes ou cidades distintas, desde que comprovado o requisito constitucional de compatibilidade de horário. “É dentro dessa perspectiva, que o governo municipal, através do Prefeito Francisco Nagib juntamente com o Secretário Paulo Buzar, está disposto e lutar por esta causa e apresentará o anteprojeto. “Essa medida se torna ainda mais importante porque contribuirá de forma efetiva e significativa para o bem-estar e saúde desse professor. Além disso, o professor poderá dedicar-se melhor ao trabalho num mesmo espaço, sem precisar ter que se sacrificar de uma escola para outra para desenvolver suas atividades”.

Vereador pede celeridade à Câmara

Além de defender o anteprojeto, o vereador pediu celeridade a Câmara de Codó para aprovação do anteprojeto. “Defendemos o projeto de lei de unificação de matrículas para jornada de 40 horas porque ele leva em consideração o direito de que todos tenham acesso ao ensino público de qualidade, capaz de promover o desenvolvimento da cidadania e da dignidade da pessoa humana, bem como o dever do Município em oportunizar essa oferta. Esse projeto precisa tramitar com urgência nesta casa e pedimos que a presidência também se sensibilize com a situação desses profissionais, que não tendo esse projeto aprovado serão obrigados a pedir exoneração do seu cargo”.

Semana Municipal de Ciência e Tecnologia

O parlamentar também deu entrada esta semana em um Projeto de Lei que autoriza ao Executivo Municipal a incluir no calendário oficial a Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, como um incentivo a inovação e a pesquisa cientifica em Codó. O nosso projeto visa oficializar e institucionalizar a realização da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia. Os municípios que buscam avançar em Ciência e Tecnologia sempre transferem valores e promovem o bem geral à população educacional e científica.

É preciso que a cidade de Codó promova eventos voltados às áreas de Ciência e Tecnologia, para isso, temos que construir mecanismos para preparar a sociedade em geral, disseminando e compartilhando conhecimentos, capacitando e qualificando pessoas, principalmente despertar um espirito pesquisador e empreendedor dos nossos jovens. “A Semana Municipal de Ciência e Tecnologia de Codó irá oportunizar momentos de encontros entre esferas educacionais, poder público, iniciativa privada, empresários, jovens e adultos empreendedores, com o principal objetivo de destacar a importância da ciência e tecnologia para a vida das pessoas e para a melhoria da qualidade educacional e produtiva do nosso município, levando as instituições participantes do evento a desenvolverem atividades educacionais, culturais e lúdicas (palestras, filmes, vídeos, experimentos, jogos, brincadeiras, entre outros), mostrando os avanços científicos e tecnológicos”.

Ascom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *