VEREADOR DE CODÓ DESTACA AÇÕES DA COMUNIDADE EVANGÉLICA E POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A JUVENTUDE

ed

Max Tony

Em seu discurso semanal na câmara municipal de Codó, o vereador Pastor Max chamou a atenção das autoridades municipais para a necessidade de ampliar as existentes e implementar novas politicas públicas destinadas a juventude e destacou o grande evento alusivo ao Dia do Evangélico ocorrido no último domingo.

O edil iniciou seu discurso enaltecendo a comemoração ao Dia do Evangélico na cidade de Codó.

Foi realmente uma festa maravilhosa que demonstrou a importância dos evangélicos em nosso município e do seu crescimento significativo. Não podemos imaginar a história de Codó sem nos lembrarmos da importância da comunidade evangélica em sua construção. Os primeiros missionários, as primeiras congregações, enfim, a igreja evangélica ao longo dos anos vem sempre buscando contribuir na resolução dos problemas sociais que nos assolam. Quero parabenizar o Prefeito Zito que instituiu o Dia do Evangélico e tem sido um parceiro constante da comunidade evangélica apoiando os eventos, congressos, retiros e que finaliza o seu mandato mais uma vez apoiando este grande evento”, destacou Max.

Preocupação e foco na juventude

O vereador expressou sua preocupação sobre a atenção dada a juventude codoense e preconizou que é necessário continuar os investimentos para aqueles que irão formar a futura geração de cidadãos de nossa cidade.

Eu sou um eterno entusiasta e sempre lutarei pelas crianças, adolescentes e jovens do nosso município. A necessidade de políticas públicas específicas para esta população é uma ideia recente. O prefeito Zito, entendendo o avanço deste cenário, criou a Secretaria da Juventude, para justamente dar relevância ao tema e protagonismo aos nossos jovens. Nossa população é juvenil e estamos conscientes de que esta é a nossa principal riqueza, mas também é o nosso maior desafio. Precisamos saber direcionar ações e políticas para esta clientela, melhorando a sua qualidade de vida e garantindo o futuro dessas gerações”.

O parlamentar também recomendou ao novo Governo a permanência da Secretaria Municipal da Juventude e a ampliação das ações voltadas a este público como: melhorar ações e as formas de participação ativa da juventude; estabelecer formas saudáveis de ocupação dos tempos livres da juventude; realizar a promoção de valores, princípios e atitudes, da consciência cívica no seio da juventude; dar acesso a novas tecnologias de informação e de comunicação e promover e valorizar as iniciativas dos jovens empresários, cientistas, investigadores, inventores e artistas, entre outros.

As propostas do vereador seguem na direção do combate as principais causas que tornam a população jovem mais vulnerável e seus principais efeitos como: o aumento de casos de divórcio, a falta de recursos econômicos, os problemas psicossociais resultantes da desintegração familiar, os comportamentos problemáticos e depressivos, a entrada para o mundo da droga e do alcoolismo e a propensão para a delinquência.

Ascom

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *