VEREADORA É CHAMADA DE RAPARIGA,MOLECA E VAGABUNDA POR COLEGAS VEREADORES EM LAGO DA PEDRA

Câmara de Vereadores de Lago da Pedra - MA entrega de títulos de cidadania (3)

Vereadora Lorena Coelho

Nesta sexta-feira dia 26 depois do feriado de natal, a prosaica Câmara Municipal de Lago da Pedra abriu as portas para mais um expediente.

O que parecia um dia normal de trabalho acabou se transformando numa confusão. De acordo com a versão apresentada pela presidente da Casa, a vereadora Lorena Coelho, tudo começou quando ela foi surpreendida pela ‘invasão’ em seu gabinete dos vereadores de oposição Pablo Sales e Moisés do Lago Preto.

Segundo a Presidente, a invasão foi uma tentativa desesperada dos vereadores de tomar de suas mãos os ofícios assinados por eles, que comprovam as suas convocações para as sessões dos dias 17 e 24 de dezembro deste ano. No dia 24 foi aprovada pelos presentes a abertura de um processo administrativo que objetiva cassar o mandato da vereadora Wanessa, acusando a mesma de exceder o número mínimo de falta em mais de 1/3º. O processo foi aprovado graças à ausência dos vereadores oposicionistas, eles alegam que não foram convocados, e Lorena alega que eles tentaram tomar a força o ofício que comprovam a convocação.

Em entrevista gravada as TVs Verdes Lagos e Nova Era, a Presidente da Câmara acusou os dois colegas vereadores de usarem a força física, agredindo-a com empurrões, puxões de cabelo e segurando seus punhos e, ainda, a agrediram com palavrões de baixo calão na tentativa de tomar o ofício.

“Os vereadores Pablo Sales e Moisés puxaram o meu cabelo, meus braços; vou ingressar com uma ação na Justiça, vou pedir ressarcimento por danos morais e materiais; além de ser agredida, os vereadores me chamaram de moleca, vagabunda, rapariga e o vereador Pablo Sales teve a ousadia de falar nomes terríveis que não quero falar aqui. Na hora que eu peguei os ofícios, o vereador Pablo me empurrou, é tanto que eu cai de mal jeito e o meu dedo ficou dobrado; a gente foi eleita para representar o povo e colocam duas pessoas desequilibradas na Câmara, sinceramente é complicada”, queixou-se Lorena Coelho, presidente da Câmara de Vereadores de Lago da Pedra.

Depois do ocorrido, a vereadora se dirigiu à delegacia de policia, onde registrou um boletim de ocorrência contra os dois por agressão física.

Fonte Blog do Carlinhos

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *